Notícia

Procurado

Divulgado retrato falado do suspeito de matar garota em escola de Petrolina


Publicado em 22.02.2016, às 10:01

Por Site Da TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

A polícia divulgou, em coletiva na manhã desta segunda-feira (22), o retrato faltado do suspeito de assassinar a garota Beatriz Angélica Mota, 7 anos, durante uma festa em uma tradicional escola de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O crime ocorreu no dia 10 de dezembro de 2015 e até o momento o suspeito não foi identificado. A policia chegou ao rosto do suposto assassino após ouvir o depoimento de três testemunhas que viram um homem saindo do banheiro feminino e da escola.

A criança foi encontrada com várias facadas pelo corpo atrás de um armário, na sala de materiais esportivos do Colégio Maria Auxiliadora, no Centro da Cidade. A menina era filha de um professor de inglês que participava da Aula da Saudade dos alunos. De acordo com testemunhas, Beatriz estava brincando na quadra da escola quando desapareceu.

A polícia solicitou as imagens das câmeras de segurança da unidade de ensino para identificar o autor do crime. No último dia 11, familiares e amigos de Beatriz Mota realizaram um protesto em frente a escola onde a menina estudava. O protesto foi realizado no dia em que a menina completaria oito anos.



Veja Também