Notícia

Insegurança

Arrastão no Parque 13 de Maio termina com quatro suspeitos detidos


Publicado em 26.08.2016, às 10:00

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal


O Parque 13 de Maio, no Centro do Recife, foi alvo de um arrastão nesta quinta-feira (25). De acordo com testemunhas, cerca de 15 jovens armados com facas, paus e pedras, assaltaram frequentadores do espaço e funcionários da limpeza.

Os trabalhadores foram abordados pelo grupo e tiveram celulares, relógios e uma lixadeira, equipamento de trabalho, levados. "A correria foi grande, da gente e dos transeuntes. Eles chegaram de repente, com barrotes e facas, pegando todo mundo desprevenido", contou um funcionário da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), que não quis ser identificado.

Depois do arrastão, a polícia conseguiu prender três homens e apreender um adolescente, de 17 anos. Os quatro foram detidos quando tentavam fugir dentro de um ônibus BRT, na Avenida Dantas Barreto, também no Centro do Recife.

Insegurança

A insegurança faz parte da rotina de quem frequenta os parques do Recife. No Parque da Jaqueira, na Zona Norte da cidade, frequentadores relatam arrombamento de carros dentro do estacionamento.

No Parque Santana, às margens do Rio Capibaribe, a população reclama dos assaltos constantes. Segundo a dona de casa Edilene Costa, é preciso escolher os horários para não ser vítima dos bandidos. "Eu só venho aqui quando está claro. À noite é perigoso", contou.

A ponte que liga o Parque Santana à Vila Santa Luzia, no bairro da Torre, Zona Oeste do Recife, é um dos lugares onde mais existem ocorrências. Um outro ponto perigoso é uma área de mato que fica em frente ao Parque. O local é escuro e serve como esconderijo.

O espaço conta com guardas municipais e policiais militares, mas de acordo com os frequentadores, o número é baixo para dar conta dos 63 mil metros quadrados.



Veja Também