Notícia Litoral Sul

Tamandaré: ação cinematográfica de bandidos teve bomba falsa e fuga em lancha


Publicado em 03.05.2017 , às 08:42 / Atualizado em 03.05.2017 , às 14:00

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

A ação de bandidos durante a madrugada desta quarta-feira (3) na praia de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, foi cinematográfica, com direito a bomba falsa e fuga em lanchas. O grupo atacou o Banco do Brasil da cidade no dia que seria de pagamento para servidores.

Para realizar a ação, os bandidos colocaram grampos nos principais acessos e atacaram um destacamento da Polícia Militar com tiros de armas de grosso calibre. Uma bomba falsa foi colocada na entrada para impedir que os policiais saíssem. Enquanto parte da quadrilha atacava o Batalhão Especializado em Policiamento no Interior (Bepi), a antigo Ciosac, outra parte explodia o Banco do Brasil.

Moradores da área foram feitos reféns e usados como escudo humano. Câmeras de monitoramento de estabelecimentos comerciais da localidade registraram o poder de fogo dos criminosos.



Planejamento

De acordo com a polícia, a ação dos bandidos foi orquestrada e planejada com riqueza de detalhes. Há indícios de que eles estiveram na cidade de Tamandaré durante o feriado para estudar a cidade. Como há poucas rotas de fuga, a saída utilizada pelos bandidos foi utilizar lanchas.

A quantia levada ainda não foi informada. Mas, de acordo com o perito do Instituto de Criminalística Heldo Souza, pelo dano a quadrilha teve acesso, sim, ao dinheiro dos caixas eletrônicos. Pelo menos 20 pessoas participaram da ação criminosa. Até o momento ninguém foi preso.


Veja Também