Notícia Operação

Competição de canto de aves silvestres termina com 70 pessoas detidas


Publicado em 17.05.2017 , às 09:20

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

Setenta pessoas foram detidas com pássaros silvestres, na manhã desta quarta-feira (17), durante a Operação Voo Livre da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), em Prazeres, na cidade de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O grupo participava de uma competição de canto na quadra de uma escola.

A ação foi realizada na Rua Monte dos Guararapes. No local, a polícia encontrou cerca de 150 pessoas e 200 pássaros, como Papa-capim (Sporophila nigricollis) e Coleiro, além de um híbrido das espécies.



Das pessoas que foram detidas, 30 foram pegas em flagrante, com os pássaros silvestres na gaiola. Os outros 40 abandonaram as aves, mas vão ser conduzidos para a Delegacia de Prazeres, em Jaboatão. Um dos suspeitos era foragido da justiça, com mandado de prisão em aberto por estelionato. Se condenados, os detidos poderão pagar multa de até R$ 500 e cumprir pena de 6 meses a 1 ano de detenção.

Mercado negro

De acordo com a polícia, as aves apreendidas na operação eram vendidas no 'mercado negro' por R$ 10 mil e R$ 30 mil. A Lei 9.605/98 prevê crime ambiental e tem no seu artigo 29 a proibição de matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida.


Veja Também