Notícia CLIMA

Alerta: passagem de anticiclone provoca fortes ventos em Pernambuco


Publicado em 05.07.2017 , às 10:33 / Atualizado em 09.07.2017 , às 18:39

Por TV Jornal

Agência Brasil

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) informou que a velocidade das rajadas de vento podem passar dos 50 quilômetros por hora nas próximas 24h no Recife. O motivo de rajadas tão fortes seria o Anticiclone Subtropical Atlântico Sul, que se deslocou para as proximidades da costa do Nordeste no trecho que fica entre os estados da Bahia e Rio Grande do Norte.

Segundo o meteorologista da APAC, Fabiano Prestrelo, "esse anticiclone funciona como um relógio ao contrário, invertendo a direção do vento, causando rajadas em alta velocidade", destacou. Nas últimas 24h, o maior registro de velocidade do vento no Recife foi de 60 km/h, considerado muito alto para a média esperada, que é de 10 km/h. Os ventos fortes devem continuar ao longo dessa semana.

Queda de Árvores

Entre terça-feira (4) e quarta-feira (5), foram registradas quedas de 22 árvores no Recife. Pelo menos três pessoas ficaram feridas e nove carros foram atingidos.

O motivo seriam os fortes ventos que tem atingido a região Nordeste desde a última segunda-feira (3). Na manhã de ontem, uma árvore caiu em cima de um carro e de um ciclista no bairro de San Martin, deixando um homem ferido. Ele foi socorrido pelo SAMU com uma fratura na clavícula.



Minutos depois outro registro de queda de árvore foi feito na Cidade Universitária. Uma árvore centenária caiu em cima de quatro carros mas ninguém ficou ferido. No final da tarde, um coqueiro caiu em cima de dois carros no Segundo Jardim da Avenida Boa Viagem. Uma mulher ficou ferida e foi socorrida para um hospital particular.

Cortesia

Nesta quarta-feira, os ventos ficaram mais fortes e mais quatro árvores caíram no Recife, todas na Zona Sul da cidade. No bairro do Ibura, uma árvore caiu e atingiu um carro e, por sorte, não havia ninguém dentro do veículo. Em Boa Viagem, duas árvores caíram, uma na Via Mangue, que acabou atingindo um carro, e outra na Rua Sá e Souza, onde os galhos no chão interditaram parte da pista.

Grande Recife

Os fortes ventos não atingiram apenas a capital pernambucana, ventanias também estão sendo registradas na Região Metropolitana. Na orla de Olinda, por exemplo, a ciclofaixa ficou cheia de areia levada pelo vento. É possível conferir ainda ventos forte em Candeias, Jaboatão dos Guararapes.

Reparação de Danos

Em alguns casos muitos moradores das áreas atingidas pelas quedas de árvores reclamaram que já haviam solicitado manutenção nas mesmas a Prefeitura do Recife, que não enviou ninguém ao local. Em nota a Emlurb disse que as árvores são todas monitoradas pela autarquia e que realiza periodicamente intervenções. Em caso de danos a veículos e imóveis a Emlurb orienta que o proprietário pode solicitar o ressarcimento dando entrada na sede do órgão, que fica na Av. Governador Carlos de Lima Cavalcanti, no Derby e que para mais informações e solicitações de poda pelo número 156.


Veja Também