Notícia Violência

Assalto termina com quatro mortos em centro espírita em Piedade


Publicado em 06.07.2017 , às 07:30 / Atualizado em 06.07.2017 , às 13:11

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

Um assalto no centro espírita Grupo Espírita Amor ao Próximo (GEAP), em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, terminou com a morte de quatro pessoas, na noite desta quarta-feira (5). O local estava lotado, com cerca de 200 pessoas, quando dois homens que acompanhavam a palestra de Liszt Rangel anunciaram o assalto.

A dupla teve apoio de outros suspeitos que estavam do lado de fora dando cobertura. Quando os pertences das vítimas eram recolhidos, um Policial Militar reagiu e trocou tiros com os bandidos. "Todo mundo se desesperou no primeiro momento que eles anunciaram o assalto. Eles mandaram que os homens tirassem as camisas e ficassem com os pertences na mão. Foi quando ouvimos o primeiro disparo", contou um dos frequentadores que não quis se identificar.

Dois suspeitos foram baleados e morreram no local. Uma frequentadora do centro espírita, identificada pela polícia como Luiziana de Barros Correia Nunes, de 57 anos, também foi atingida e morreu. O PM Alexandre Alves de Melo, 29 anos, levou um tiro na região da cabeça, foi socorrido para o Hospital da Restauração (HR), mas não resistiu ao ferimento. Durante a troca de tiros, outras três pessoas ficaram feridas - um dos suspeitos e dois frequentadores do centro espírita - e foram encaminhadas para UPA da Imbiribeira.



Na manhã desta quinta-feira (6), o palestrante Liszt Rangel falou sobre a ação dos bandidos [veja aqui].

Reprodução/TV Jornal

Investigação

A delegada Gleide Ângelo, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), iniciou as investigações do assalto seguido de mortes na sede do GEAP. De acordo com ela, pelo menos sete homens estão envolvidos no crime. "Cerca de sete participaram da ação. Sabemos de uma moto deixada no local, que era do bandido morto, e um carro preto, que seria usado para dar fuga. Vamos periciar e identificar os outros envolvidos", comentou a delegada.

Todos os pertences roubados foram abandonados em sacolas no próprio centro espírita, assim como as armas usadas no crime. O suspeito baleado durante o assalto foi preso dentro da UPA da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife, onde permanece custodiado. De acordo com a delegada, ainda não se sabe a quantidade de pessoas que ficaram feridas, já que muitos frequentadores do centro espírita foram atingidos de raspão e levados para hospitais particulares.


Veja Também