Notícia Violência

Morre torcedor do Sport espancado em confronto com organizada no metrô


Publicado em 11.07.2017 , às 12:00 / Atualizado em 11.07.2017 , às 16:06

Por TV Jornal

TV Jornal/Reprodução

Parentes do estudante Matheus Lira da Silva, de 19 anos, integrante da torcida organizada do Sport, denunciam que o jovem morreu após ser espancado durante um confronto com torcedores do Santa Cruz. Segundo eles, o rapaz estaria na estação de metrô do Barro, na noite da última sexta-feira (7), quando começou uma confusão. Um outro homem, que não teve a identidade divulgada, também foi agredido.

Em um vídeo de celular, é possível ver os dois jovens caídos em uma das rampas da estação do Barro. Matheus chegou a ser socorrido para o Hospital Pan de Areias, na Zona Oeste do Recife, depois foi transferido para o Hospital da Restauração, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.

O tio da vítima, que preferiu não ser identificado, contou que o estudante saiu de casa, em Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes, dizendo que iria participar de uma festa promovida pela Torcida Jovem do Sport, na área central do Recife. "Ele participou desta festa, como toda sexta-feira, e nunca aconteceu nada. Como nesse dia coincidiu com o jogo do Santa Cruz, né? Se encontraram”, comentou.



Ao menos, 50 integrantes da Torcida Jovem saíram do Centro da capital em direção ao Barro, na Zona Oeste do Recife. Eles queriam entrar em confronto com torcedores da Inferno Coral que havia acabado de sair da Arena de Pernambuco, onde o Santa Cruz havia jogado contra o Brasil de Pelotas.

"Quando a gente desceu, a gente viu a torcida da inferno do outro lado e a gente foi para brigar. Eu consegui correr. Mas depois voltei. Foi quando eu o vi no chão e consegui socorrer ele. Peguei ele pelo braço, coloquei ele em um carro e levei ele pro hospital", relatou um amigo do estudante, que estava no local e preferiu não ser identificado.

Investigação

Por meio de nota, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) disse que acionou a Polícia Militar para conter a briga entre os torcedores do Santa Cruz e Sport. Já a Polícia Civil informou que o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) está investigando o Crime. O corpo do rapaz foi enterrado no Cemitério do Pacheco, em Jaboatão dos Guararapes, no último domingo (9).


Veja Também