Notícia BEZERROS

Idosos são presos ao tentar sacar aposentadoria com identidades falsas


Publicado em 12.06.2018 , às 12:20

Por TV Jornal / JC Online

Foto: Reprodução/Google Street View

Dois idosos foram presos em flagrante tentando sacar dinheiro de aposentadorias com documentos falsos nessa segunda-feira (11), em Bezerros, no Agreste do estado. Segundo informações da Polícia Federal (PF), o índio fulni-ô, José Gomes Filho, de 78 anos, e Hernandes José da Silva, 78, tentavam retirar o dinheiro da previdência social na agência da Caixa Econômica do município em nome de Túlio Tavares e Gustavo de Brito.

No momento do flagrante, os suspeitos, vindos de Águas Belas, no Agreste, estavam acompanhados por duas adolescentes que se passavam por netas deles. Uma das menores foi apreendida e a outra conseguiu fugir.

De acordo com o delegado da PF de Caruaru, Leonardo Lima, os nomes que os idosos usavam para tentar sacar o benefício serão levados para uma auditoria juntamente ao INSS com o objetivo de certificar a existência real dessas pessoas.  

Os dois idosos foram levados para a sede da Polícia Federal de Caruaru, de onde aguardam a apresentação em audiência de custódia, marcada para esta terça-feira (12). A PF não divulgou em quais crimes os suspeitos foram autuados.



Pesqueira

Um outro idoso foi detido após tentar sacar dinheiro com documentos falsos em uma agência bancária de Pesqueira, no Agreste pernambucano. O caso aconteceu na Caixa Econômica Federal, no Centro da cidade, na tarde da última quarta-feira (6).

De acordo com a Polícia Civil, Luiz de Holanda Cavalcanti, de 80 anos, tentava sacar um benefício se passando por outra pessoa. O idoso estava na companhia de outra pessoa quando mostrou os documentos e comprovante de residência falsos para o atendente da agência. Os funcionários suspeitaram e acionaram a Polícia Militar.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Pesqueira. O outro suspeito, não identificado, fugiu antes da chegada do policiamento quando percebeu que não iria conseguir sacar o dinheiro da mesma forma que o idoso tentou.

Ainda não se sabe qual benefício Luiz de Holanda tentava sacar. Ele foi autuado por estelionato, falsidade documental e ideológica.


Veja Também