Aprovados em concursos podem acionar a Justiça para serem convocados