CABO DE SANTO AGOSTINHO

Homem denuncia agressão por médico supostamente embriagado em UPA

TV Jornal

-Reprodução/TV Jornal

Um pai de paciente denunciou ter sido agredido por um médico, que estaria embriagado, dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Os dois discutiram porque, segundo o homem, o médico tratou a esposa dele com grosseria.

Ele estava no local para atendimento à filha do casal. Quando o homem começa a filmar, o médico tenta impedir a gravação, pegando o celular do homem, que estava com o filho no braço. Os dois discutem e um funcionário da unidade tenta acalmar a situação. 

Veja o flagrante

Resposta

Em nota, a direção da UPA garantiu que o médico não estava bêbado e afirmou que ele tem dificuldades de comunicação provocadas por sequelas de um acidente. Também disse que isso não impede que ele atue como pediatra e que a assistência necessária foi prestada à paciente. Por fim, o comunicado alega que o homem que tentou filmar a situação e foi impedido ameaçou e agrediu o médico, que pediu apoio à segurança da unidade. O profissional registrou um boletim de ocorrência.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.