Corpo de Bombeiros

Tenente fura blitz, atira contra PMs, foge e se esconde em casa


O tenente do Corpo de Bombeiros tem 25 anos de corporação

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 05/08/2019 às 11:10
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Um tenente do Corpo de Bombeiros furou uma blitz da Lei Seca e foi levado para a Delegacia de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a policia, o militar apresentava sinais de embriaguez e seguia de moto para casa, quando quando desobedeceu a ordem de parada e terminou sendo perseguido por policiais militares, na PE-18, em Abreu e Lima.

>> Saiba como identificar uma verdadeira blitz da Operação Lei Seca

>> Porto de Galinhas: PMs cobravam até R$ 1.500 em blitzes da Lei Seca

>> Porto de Galinhas: PMs são suspeitos de montar falsa Operação Lei Seca

Prisão

Ainda segundo a polícia, o tenente atirou contra os PMs e, ao saber que ia ser conduzido para a delegacia, fugiu a pé e se escondeu dentro de casa. O bombeiro, que tem 25 anos de corporação, não quis fazer o teste de bafômetro e terminou sendo autuado em flagrante.

Nota oficial

A Polícia Militar esclarece que não houve disparo de arma de fogo na ocorrência de trânsito em que um tenente do Corpo de Bombeiros se negou a parar sua moto em uma blitz do BPRv na Rodovia PE-018, na tarde de domingo (04/08). Foi feito o acompanhamento e ao abordar o condutor os policiais notaram sintomas de embriaguez. Por ter se recusado a passar pelo bafômetro, foi dada voz de prisão e solicitada a presença de um superior hierárquico do piloto, que fez a condução dele para a Delegacia de Polícia Civil de Paulista.