VIOLêNCIA

Irmã de Sandy Evelin apagou dados de celular da adolescente após crime, diz Polícia

Parentes disseram que as duas irmãs não se davam bem. A adolescente tinha 15 anos quando foi assassinada e a irmã é suspeita de envolvimento no crime

Irmã de Sandy Evelin apagou dados de celular da adolescente após crime, diz Polícia

Suspeita teria informado aos assassinos da irmã o caminho que a adolescente fazia na volta da igreja - Foto: Reprodução/TV Jornal

A polícia prendeu nessa quinta-feira (19) Silvaneide Maria Costa da Silva, de 26 anos, suspeita de envolvimento na morte da adolescente Sandy Evelin da Costa Bezerra, que tinha 15 anos. O crime aconteceu em julho de 2015 e a suspeita é irmã da vítima. De acordo com familiares, as irmãs não se davam bem. Silvaneide teria revelado aos assassinos o caminho que a irmã fazia até a igreja para que crime fosse cometido e, depois do assassinato, levou o celular da adolescente a uma assistência técnica para que os dados fossem apagados antes de vendê-lo.

A suspeita foi escoltada até a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR) e negou que tenha participação no crime.

Assassinato

O corpo de Sandy Evelyn foi encontrado boiando em um canal no bairro de Águas Compridas, também em Olinda, apresentando sinais de esganadura. De acordo com a polícia, o crime foi cometido por três pessoas. Dois suspeitos já estavam presos: Wallisson Wendel Feitosa, de 22 anos, e José Henrique Gonçalves de Santana, de 24 anos, conhecido como "Chapa".

O crime teria sido cometido porque Sandy Evelyn não queria ter um relacionamento com José Henrique.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.