POLÍCIA

Empresário é preso por produzir álcool em gel supostamente falsificado

A quantidade era tanta, que os policiais precisaram de um caminhão para transportar todo o material apreendido

Empresário é preso por produzir álcool em gel supostamente falsificado

A unidade do produto estava sendo vendida por R$ 15 - Foto: Marcello Casal JR/ Agência Brasil

A Polícia Civil de Pernambuco encontrou, na tarde dessa segunda-feira (23), dezenas de caixas contendo 3 mil unidades de um produto que estaria sendo comercializado como álcool em gel. 

O material estava na garagem de uma residência, no bairro de Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. A quantidade era tanta, que os policiais precisaram de um caminhão para transportar todo o material apreendido, que, segundo as investigações, seria falsificado.

https://imagens.ne10.uol.com.br/veiculos/_midias/jpg/2020/03/23/806x444/1_whatsapp_image_2020_03_23_at_20_39_28-8005526.jpeg

De acordo com as investigações, a denúncia foi feita por pessoas que teriam comprado o produto, que estava sendo comercializado por R$ 15, a unidade.

Os consumidores teriam estranhado a textura e o cheiro do suposto álcool em gel. Um empresário do ramo de cosméticos, de 39 anos, foi preso em flagrante.

Investigação

Segundo a delegada Beatriz Leite, responsável pelo caso, o suspeito, que não teve o nome revelado, afirmou que teria começado a comercializar o suposto álcool em gel ontem (23) e que havia recebido o material do estado da Bahia, mas não apresentou nota fiscal do produto. Parte do material foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC) para ser periciado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.