SOLIDARIEDADE

Hemope tem estoques baixos por causa do coronavírus e convoca doadores

O Hemope recebia cerca de 270 a 300 doadores diariamente, mas, por conta do avanço do novo coronavírus, esse número caiu

Hemope tem estoques baixos por causa do coronavírus e convoca doadores

Para evitar aglomerações, o doador vai precisar fazer o agendamento por telefone. - Foto: Divulgação/Hemope

Os estoques de sangue do Hemope caíram, por causa da pandemia do coronavírus. Uma campanha está reforçando a necessidade de aumentar o número de doações diárias. Para evitar aglomerações, desde essa segunda-feira (30), o doador precisa fazer o agendamento por telefone. O número é 0800 081 1535. 

>> Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações
>> Hemope faz esquema para doações de sangue na pandemia do coronavírus
>> Coronavírus: HCP e Detran lançam campanhas para arrecadar doações
>> Veja como ajudar e onde procurar ajuda neste cenário de coronavírus 

Queda nas doações

O Hemope costumava receber cerca de 270 a 300 doadores diariamente, mas, por conta do avanço do novo coronavírus e da recomendação para as pessoas ficarem em casa, esse número não está chegando a 200 pessoas por dia.

Quem pode doar

Os critérios de doação continuam os mesmos. Podem doar sangue pessoas que tenham entre 18 e 60 anos, tenham dormido bem, não tenham consumido bebida alcoólica, nas últimas 12 horas antes da doação, e estejam bem de saúde.

Horário e endereço

Segunda-feira a sábado e feriados: 07h15 às 18h
Endereço: Rua Joaquim Nabuco, 171 - Graças, Recife - PE

Balanço do coronavírus

O Ministério da Saúde atualizou, nessa segunda-feira (30), os números da covid-19 no Brasil e confirmou que 159 pessoas morreram devido à doença. Até o momento, em todo o país, 4.579 casos de coronavírus foram confirmados. Em Pernambuco, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, são seis mortes registradas, além de mais quatro novos casos, nas últimas 24 horas, chegando ao total de 77 confirmações.

Veja dicas de prevenção contra o coronavírus

* Higienize as mãos

Lave suas mãos frequentemente com água e sabão ou com uma solução de álcool em gel.

Por quê? Esfregar as mãos ajuda a eliminar traços do vírus que podem estar presentes em lugares de uso comum.

* Mantenha distância social

Mantenha pelo menos um metro de distância de pessoas que apresentam tosse ou espirros constantes.

Por quê? A tosse e o espirro propagam pequenas gotas de secreção e saliva que podem conter vírus. Com a proximidade, a chance de respirar ou ter contato essas gotículas aumenta.

* Evite tocar os olhos, o nariz e a boca

Evite coçar, esfregar ou ter qualquer tipo de contato com as mucosas. Essas áreas têm contato direto com a corrente sanguínea e são mais sensíveis à presença de agentes de contaminação

Por quê? As mãos estão em contato constante com superfícies que podem ser vetores de transmissão de vírus e bactérias. Mantê-las longe das mucosas diminui a chance de ficar doente.

* Pratique higiene respiratória

Tenha boas práticas de higiene respiratória. Isso significa cobrir a boca e o nariz com o braço curvado ou com um lenço de tecido ou papel ao tossir e espirrar. Descarte ou higienize o material usado imediatamente.

Por quê? Gotículas de saliva e secreção são vetores do Covid-19. Evitar que outras pessoas entrem em contato com saliva contaminada evita não apenas o coronavírus, mas uma série de doenças respiratórias.

* Em caso de febre ou dificuldade respiratória, busque ajuda médica rapidamente

Não saia de casa se estiver com febre. Se os sintomas persistirem e caso haja dificuldade respiratória, busque atenção especializada imediatamente.

Por quê? Apesar de serem sintomas comuns, uma ação rápida pode evitar problemas mais sérios e o desenvolvimento de sintomas mais graves de infecções respiratórias.

* Uso de máscaras

Pessoas saudáveis, sem sintomas como febre, tosse ou espirros não precisam usar máscaras

Por quê? Apenas profissionais de saúde e pessoas que apresentem sintomas parecidos com os do novo coronavírus precisam usar máscaras. A função das máscaras é conter a propagação do vírus em quem já está infectado. A OMS recomenda o uso racional das máscaras.

* Fique bem informado e siga os procedimentos do Ministério da Saúde

Por quê? Autoridades nacionais e locais têm a informação mais atualizada sobre a situação de saúde na sua área. Tomar atitudes preventivamente ajuda o sistema de saúde a distribuir e compreender de maneira ágil a disseminação de qualquer doença.

Saiba mais

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.