PREVENçãO

Covid-19: quarentena começa e Recife terá fiscalização reforçada

Prefeitura promete quarentena rígida no Recife, com fiscalização em toda a cidade e operação em Casa Amarela neste sábado (16), em combate ao coronavírus

Covid-19: quarentena começa e Recife terá fiscalização reforçada

Bloqueios - Foto: TV Jornal / Reprodução

Neste sábado (16), entra em vigor o decreto estadual que estabelece a quarentena no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana.

Recife

Para fazer valer as determinações do decreto, a Prefeitura do Recife vai colocar um efetivo de mais 500 agentes dos serviços essenciais nas ruas, para atuar em conjunto com as forças do Governo do Estado.

[188633,188632,188593,188588,188560,188536,188438,188393,188346,188161][LEIA-TAMBEM]]

>> Quarentena: Imprima o modelo de declaração para comprovar que você faz parte das atividades essenciais no Grande Recife

>> Covid-19: quarentena começa e Recife terá fiscalização reforçada

Serão 16 pontos de fiscalização de trânsito realizada pela Autarquia de Trânsito Transporte Urbano do Recife (CTTU) e Polícia Militar para fiscalizar o rodízio de veículos.

Aproximadamente, 330 agentes de trânsito participam da operação. A Guarda Municipal do Recife também fará rondas com viaturas pelas vias da cidade, orientando as pessoas que estiverem descumprindo a quarentena a voltar para casa.   

Casa Amarela 

Além disso, haverá uma operação de fiscalização e orientação, em conjunto com o Governo do Estado, no largo comercial de Casa Amarela. A ação incluirá a sanitização dos espaços públicos, ordenamento do acesso aos mercados e à feira livre, com disponibilização de máscara e álcool em gel, fiscalização das medidas sanitárias no comércio de todo o largo e orientação dos cidadãos.

>> Hemope tem estoques baixos por causa do coronavírus e convoca doadores
>> Delegacia de Boa Viagem e ONG fazem campanhas para arrecadar doações
>> Hemope faz esquema para doações de sangue na pandemia do coronavírus
>> Coronavírus: HCP e Detran lançam campanhas para arrecadar doações
>> Veja como ajudar e onde procurar ajuda neste cenário de coronavírus 

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada: 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.