SÉRIE A

Flamengo confirma superioridade e vence o Sport por 3x0

Time carioca conseguiu impor o seu ritmo de jogo e vencer o Leão sem dificuldades na Ilha do Retiro

Flamengo confirma superioridade e vence o Sport por 3x0

Flamengo vence o Sport na Ilha do Retiro e se aproxima do Internacional - Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem

Filipe Farias | Twitter: @_filipefarias

Aproveitando a sua superioridade, o Flamengo se impôs diante do Sport, marcou dois gols com menos de 20 minutos de partida e não encontrou dificuldades para marcar mais um na segunda etapa e vencer por 3x0, nesta segunda-feira (1º), na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada da Série A. Os gols da partida foram marcados pelos atacantes flamenguistas: Gabigol, Bruno Henrique e Pedro.

Mesmo com a derrota, o Leão não entrou na zona do rebaixamento e agora ocupa a 16ª colocação, com 35 pontos. O próximo compromisso do rubro-negro pernambucano será diante do Botafogo, sexta-feira (5), às 20h, no estádio Nilton Santos (Engenhão), pela 34ª rodada.

O JOGO

A disparidade entre Sport e Flamengo na tabela de classificação não era à toa. E, dentro de campo, o time carioca fez questão de deixar claro que era muito superior aos donos da casa. Logo no primeiro ataque, os flamenguistas já tiveram êxito. Aos três, Gérson tinha a posse da bola pelo lado direito e inverteu a jogada para a esquerda, buscando Arrascaeta que entrada livre na área por trás de Patric. O uruguaio recebeu já tocando para Gabigol só ter o trabalho de empurrar a bola para rede: 1x0.

O Leão estava atordoado com o baque inicial. A prova foi tanta que, aos dez, Ronaldo Henrique foi recuar a bola para Luan Polli que, ao ser pressionado, entregou a bola nos pés de Bruno Henrique... O atacante encarou o goleiro do Sport, mas rolou para Gabigol, que mesmo com Maidana e Ronaldo à sua frente, acabou tirando demais dos defensores e mandou a bola por cima.

Se a superioridade do Flamengo era visível, se tornava ainda maior com a ajuda leonina. Aos 18 minutos, Patric foi tocar para Maidana e acabou mandando para Gabigol disparar em contra-ataque, entrar na área e cruzar. A defesa do Sport afasta parcialmente e, na sobra, Arrascaeta cruza novamente na área e a bola chega até Bruno Henrique, que domina e fuzila o gol de Luan Polli: 2x0.

Estava muito fácil para a equipe carioca, que conseguia neutralizar com facilidade o time leonino. A troca de passes dos comandados de Rogério Ceni fluia tranquilamente, como aconteceu aos 29, quando Arrascaeta recebeu na entrada da área, abriu na direita para Isla dominar livre e cruzar na cabeça de Gabigol, que acabou testando e mandando a bola por cima, desperdiçando o terceiro.

Sem dúvida, no primeiro tempo, o camisa 9 do Flamengo foi o jogador que mais participou de jogadas. Aos 33, Bruno Henrique disparou no mano a mano com Patric, mas rolou para Gabigol que penetrava na diagonal, entrou na área e chutou cruzado por baixo de Luan Polli... A bola passou raspando na trave e só não entrou porque desviou levemente no goleiro do Sport.

A única oportunidade do Sport foi aos 39, em cobrança de Thiago Neves, mas que acabou mandando a bola no meio do gol, nas mãos de Diego Alves que defendeu sem dificuldades.

Na segunda etapa o ritmo da partida caiu e o Flamengo passou a cadenciar o jogo. Mesmo sem tanto ímpeto, os cariocas seguiam chegando ao ataque e incomodando o goleiro Luan Polli. Como aconteceu aos três minutos, quando Arrascaeta cobrou falta lateral, a zaga do Sport afastou parcialmente e, no rebote, Gabigol finalizou com perigo. Aos 17, Pepê disparou como quis pela direita e cruzou para Gabigol mais uma vez subir para cabecear e mandar a bola por cima da meta leonina.

A resposta dos donos da casa só saiu aos 25 minutos, quando Marquinhos fintou o marcador, entrou na área e cruzou rasteiro... A bola já tinha passado pelo goleiro Hugo (entrou no lugar de Diego Alves, que saiu machucado), quando Filipe Luís afastou o perigo antes que chegasse até um jogador do Sport para concluir a jogada.

Na reta final da partida, o técnico Rogério Ceni deu gás novo ao time, colocando Pedro, Vitinho, Pepê e João Gomes. Com as substituições, o Flamengo conseguia dominar as ações e ainda criar novas oportunidades de gol. E acabou saindo aos 50 minutos, quando Pedro recebe passe de Everton Ribeiro e bate cruzado para dar números finais a partida: 3x0.

Ficha do jogo

SPORT

Luan Polli; Patric, Maidana, Adryelson e Júnior Tavares (Sander); Ronaldo Henrique (Bruninho), Betinho e Thiago Neves; Ewerthon (Lucas Venuto), Marquinhos (Gustavo) e Dalberto (Hernane). Técnico: Jair Ventura.

FLAMENGO

Diego Alves (Hugo); Isla, Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Gérson (Pepê), Diego (João Gomes), Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol (Vitinho) e Bruno Henrique (Pedro). Técnico: Rogério Ceni.

Local: estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).
Árbitro: Rafael Traci (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Helton Nunes (ambos de SC).
Gols: Gabigol, aos três minutos, e Bruno Henrique, aos 18 do 1º tempo. Pedro, aos 50, do 2º tempo.
Cartões amarelos: Marquinhos, Ronaldo Henrique (SPT) e Diego, Gérson (FLA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.