COPA DO NORDESTE

Santa Cruz perde para o Vitória na estreia da Copa do Nordeste

Tricolor do Arruda foi derrotado pela equipe baiana por 2x0, neste sábado (27), no estádio Barradão

Santa Cruz perde para o Vitória na estreia da Copa do Nordeste

Santa Cruz perdeu na estreia da Copa do Nordeste para o Vitória - Foto: Fotos: Marcelo Malaquias/Live FC

Rádio Jornal

O Santa Cruz não conseguiu o resultado positivo na estreia da Copa do Nordeste. O Tricolor foi a Salvador e acabou sendo derrotado neste sábado (27), para o Vitória por 2x0, no estádio Barradão, pela primeira rodada do Nordestão. Os gols da partida foram marcados no segundo tempo pelo lateral-direito Van e pelo meio-campista Fernando Neto.

A Cobra Coral volta a campo agora na próxima quarta-feira (3), quando encara o Central, às 16h, no estádio Lacerdão, pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano.

O JOGO

Vitória e Santa Cruz entraram em campo mostrando o porquê de o confronto ser considerado um clássico nordestino. Desde os minutos iniciais, o duelo transcorria com bastante equilíbrio, com as duas equipes marcando em cima e preocupadas e não proporcionar espaços para o adversário. Até mesmo o percentual de posse de bola era igualitário, com leve vantagem para os baianos que apresentaram 52% da posse, contra 48% do tricolor pernambucano.

Com isso, as poucas chances criadas na primeira etapa foram apenas de arremates de longa distância, mas sem perigo. Como aconteceu aos 21, com Fernando Neto mandando a bola muito acima da meta do goleiro Jordan. Aos 26, foi a vez da Cobra Coral tentar chegar. Paulinho cobrou falta da intermediária, mas não pegou em cheio na bola e o arqueiro Yuri defendeu sem problemas.

O esquema do Santa Cruz com os três zagueiros não estava funcionando. O time não apresentava força ofensiva para incomodar o Vitória. Diante disso, o técnico João Brigatti pediu para Célio Santos se posicionar na lateral esquerda, Augusto Potiguar desceu para compor a linha de quatro defensiva, enquanto que o garoto Vinícius Balotelli foi deslocado para o setor de ataque.

Com a mudança, o prata da casa ganhou mais liberdade e arriscou algumas jogadas. Aos 42, individualizou pela direita e cruzou para Didira dominar na área, mas ser desarmado pela marcação. No minuto seguinte, o próprio Balotelli recebeu no meio de campo, carregou a bola e arriscou de muito longe, mas a bola subiu demais.

No retorno da etapa complementar, o Vitória mostrou mais disposição ofensiva em busca de tirar o zero do placar. Entretanto, ainda assim, não o suficiente para incomodar o Santa Cruz com alguma jogada mais aguda.

Aos oito minutos, o goleiro Jordan até que trabalhou. O atacante Vico tentou jogada pela direita e arriscou um chute... A bola desviou na defesa e caiu do lado esquerdo da grande área com Gabriel Bispo, que arriscou um chute sem ângulo, mas obrigando Jordan a defender com o ombro.

Nesse momento, a equipe baiana já se mostrava melhor na partida e conseguiu achar o gol em belo jogada trabalhada. Aos 25, o lateral-direito Van desceu pela direita, tabelou com Fernando Neto e acertou um chute cruzado, no cantinho... A bola beijou a trave e entrou: 1x0.

O Santa Cruz não mostrava inspiração para buscar uma reação e via o time do Vitória se assanhando no ataque até conseguir ampliar o marcador. Aos 35, David partiu em rápido contra-ataque, invade a área e acaba sendo derrubado por trás pelo zagueiro Danny Morais: pênalti. Na cobrança, aos 37, Fernando Neto deslocou o goleiro Jordan e ampliou: 2x0.

Com a vantagem assegurada, os baianos só esperaram o apito final para somar os três primeiros pontos na Copa do Nordeste.

Ficha do jogo

VITÓRIA

Yuri; Van, João Victor, Wallace e Leocovick (Pedrinho); Gabriel Bispo, Fernando Neto e Soares (Hitalo); Vico (João Pedro), David (Ruan Levine) e Samuel (Aníbal). Técnico: Rodrigo Chagas.

SANTA CRUZ

Jordan; William Alves, Danny Morais e Célio Santos (Caetano); Augusto Potiguar, Italo Henrique (Léo Gaúcho), Paulinho, Didira e Vinícius Balotelli (João Cardoso); Chiquinho (Eduardo) e Pipico. Técnico: João Brigatti.

Local: estádio Barradão, em Salvador (BA).
Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL).
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo e Fernanda Félix da Silva (ambos de AL).
Gols: Van, aos 25, e Fernando Neto, aos 37 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Wallace, Gabriel Bispo, João Pedro (VIT) e Caetano, Danny Morais (STA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.