CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Hélio dos Anjos comemora vitória, mas demonstra insatisfação com marcação do Náutico

O Timbu encontrou dificuldades para vencer o Vera Cruz mesmo estando com superioridade numérica desde os 42 minutos do 1º tempo

Hélio dos Anjos comemora vitória, mas demonstra insatisfação com marcação do Náutico

Hélio dos Anjos, técnico do Náutico. - Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

O Náutico estava há duas semanas sem entrar em campo e a dúvida quanto a condição do time para o jogo era grande por conta desse longo tempo de paralisação. A vitória por 3x1 em cima do Vera Cruz, neste domingo (21), foi positiva, mas o desempenho dentro de campo não foi dos melhores e, apesar do bom resultado, o jogo foi difícil. Em entrevista coletiva após o apito final, o técnico Hélio dos Anjos fez uma análise da partida passando pelos pontos positivos e negativos apresentados pela equipe.

“Eu acho que a gente teve um bom volume de jogo, mas no fundo eu achei que a equipe poderia produzir mais. Eu acho que jogo como você não pode correr tanto para trás, não podemos oferecer tanto contra-ataque como nós oferecemos para equipe adversária. Independente de você fazer ou não gol, tem que ter dinâmica de tirar qualquer condição do adversário te agredir e nós não tiramos, porque a nossa marcação não foi agressiva na frente, já no primeiro tempo. A mobilidade da equipe ainda no primeiro tempo teve alguns momentos muito bons. Mas fomos um pouco sonolentos no jogo, fomos um pouco passivos”, disse o técnico Hélio dos Anjos.

Essa passividade apontada pelo treinador parece ter lhe incomodado bastante. Isso porque a equipe do Náutico jogou com um jogador a mais desde os 42 do primeiro tempo, quando o zagueiro Wendel foi expulso pelo segundo amarelo. Apesar da superioridade numérica, o Náutico sofreu um belo gol de empate concedendo muito espaço para a equipe adversária.

“Houve muito esforço (da equipe), mas o esforço poderia ser traduzido em uma qualidade maior em vários momentos do jogo. Por correr para trás, por ter algum problema no contra-ataque, nós demos a liberdade deles entrarem na nossa grande área e fazer aquele belíssimo gol que o garoto (Everton Bala) fez”, destacou o comandante que concluiu exaltando a reação do time.

“Eu acho que o mais importante foi uma reação, no segundo tempo, em cima de uma dificuldade muito grande que foi o desgaste, mas optamos por criar uma ofensividade nas duas laterais de campo com o Carpina e o Giovanny e colocar dois centroavantes agudos, dentro da grande área, com o Salatiel e o Kieza, e deixar o Jean fazendo aquilo que ele faz muito bem que é a assistência”, completou.

Classificação e próximo jogo

Com a vitória em cima do Vera Cruz, o Náutico chegou aos nove pontos e segue com 100% de aproveitamento no Campeonato Pernambucano e, consequentemente, líder do Estadual. O próximo confronto da equipe alvirrubra é contra o Vitória de Santo Antão, no próximo domingo (28).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.