FUTEBOL

Santa Cruz goleia o Vera Cruz por 4 x 1 no Arruda pelo Campeonato Pernambucano

O destaque da partida foi o meia Chiquinho, que deu três assistências e marcou um gol

Santa Cruz goleia o Vera Cruz por 4 x 1 no Arruda pelo Campeonato Pernambucano

Willian Alves marcou dois gols na vitória do Santa Cruz sobre o Vera Cruz - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Por Robert Sarmento e Lucas Holanda

Após a sequência de duas derrotas na Copa do Nordeste 2021 e consequentemente a eliminação, o Santa Cruz voltou a disputar uma partida pelo Campeonato Pernambuco. Dentro de casa, o tricolor fez valer o mando de campo e goleou o Vera Cruz nesta quarta-feira (07) por 4 x 1. Destaque para Chiquinho que deu três assistências e marcou um gol. Com a vitória, a Cobra Coral chegou aos oito pontos na tabela do campeonato estadual. Ouça abaixo os gols narrados por Aroldo Costa, O Maior Gol do Mundo.

O jogo

O confronto começou com o Santa Cruz tendo mais a bola, mas sem tanta criatividade. No entanto, aos 13 minutos, o Tricolor aproveitou a bola parada para abrir o placar. O meia Chiquinho cobrou o escanteio e o zagueiro William Alves marcou o gol. Porém, depois daí, veio uma pressão enorme do Vera Cruz. Aos 15, o meia Vitinho soltou uma bomba de fora da área, a bola explodiu no travessão e quicou dentro do gol, ultrapassando a linha completamente. No entanto, a arbitragem não validou o gol legal da equipe do Vera Cruz.

E a pressão não parou por aí. Mesmo jogando no Arruda, o Vera Cruz não se intimidou e seguiu atacante o Santa Cruz. E a equipe teve boas chances para empatar o jogo na etapa inicial. O meia Vitinho mandou outra bola na trave após completar o cruzamento no escanteio. Pouco depois foi a vez do goleiro Jordan, principal nome do Santa Cruz na temporada, operar dois milagres e evitar o empate do adversário. E o trabalho do arqueiro coral não parou por aí, uma vez que ele fez pelo menos mais duas boas defesas e salvou o Santa Cruz. O Vera Cruz ainda insistiu com chutes de fora da área que levaram perigo a meta coral.

A Cobra Coral, por sua vez, só veio responder na reta final do primeiro tempo. O volante Karl fez um ótimo lançamento para Chiquinho, que dominou e entrou na área, mas demorou a chutar e foi travado pelo defensor do Vera Cruz. No escanteio, Chiquinho cruzou, aconteceu um desvio e a bola sobrou para Karl, que cabeceou para fora e não ampliou o marcador.

Segundo tempo

Já a etapa final foi mais equilibrada. O Santa Cruz teve duas boas chances logo no início do segundo tempo. As oportunidades caíram nos pés de Chiquinho e Madson, que não aproveitaram. Já o Vera Cruz respondeu com finalizações de fora da área, onde o goleiro Jordan precisou fazer uma boa defesa. Após isso, a Cobra Coral teve mais duas chances para ampliar o marcador. A primeira foi com Madson, que ficou cara a cara com o goleiro mas finalizou em cima de Igor. A outra foi com Chiquinho, que chutou de fora da área e o arqueiro defendeu.

Sem aproveitar as chances e jogando mal, o Santa Cruz foi punido. Após escanteio cobrado, o lateral-esquerdo Vitor Leão cabeceou e empatou o jogo aos 27 minutos do segundo tempo. Depois do jogo ficar empatado, o Tricolor ficou melhor na partida. E conseguiu encontrar o caminho da vitória. Aos 38, Chiquinho cobrou falta com perfeição e William Alves cabeceou para o fundo do gol, num lance semelhante ao do primeiro gol: 2x1 Santa Cruz.

E o placar não parou por aí. Aos 42, Chiquinho fez jogada individual e cruzou rasteiro na área. A bola passou por todo mundo e o lateral-esquerdo Eduardo, que entrou na etapa final, completou para o fundo do gol. Mas faltava o dele. E Chiquinho marcou no último lance do jogo, dando números finais ao placar: 4x1 para o Santa Cruz, que volta a vencer após duas derrotas consecutivas.

Ficha do jogo

Santa Cruz: Jordan; Augusto Potiguar, William Alves, Célio Santos e Alan Cardoso; Derley, Karl (Marcel) e Caetano; Chiquinho, Madson e Pipico. Técnico: João Brigatti. 

Vera Cruz: Igor; Léo Cotia, Matheus Serra, Ruan e Vitor Leão; Ramires, Vitinho e Daniel Santos; Everton Bala, Romarinho e Pedro Maycon. Técnico: Edson Silva.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.