COPA DO BRASIL

Santa Cruz perde para o Cianorte e é eliminado da Copa do Brasil

Com um jogador a menos desde o primeiro tempo, o Tricolor acabou perdendo para os paranaenses por 1x0


Santa Cruz perde para o Cianorte e é eliminado da Copa do Brasil

Santa Cruz foi eliminado da Copa do Brasil pelo Cianorte - Foto: ASCOM/ Santa Cruz

Rádio Jornal

Com um jogador a menos desde o primeiro tempo (Augusto Potiguar foi expulso aos 31 minutos), o Santa Cruz não conseguiu segurar a pressão do Cianorte e acabou sendo derrotado por 1x0, nesta terça-feira (13), no estádio Albino Turbay, pela segunda fase da Copa do Brasil. Com o resultado, a equipe coral deu adeus a competição nacional e deixou de faturar a premiação de R$ 1,7 milhão. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Maurício, na etapa complementar.

O próximo compromisso do Tricolor será o clássico contra o Náutico, domingo (18), às 16h, no estádio dos Aflitos, pela 6ª rodada do Campeonato Pernambucano.

O JOGO

Como a partida valia R$ 1,7 milhão, Cianorte e Santa Cruz iniciaram o confronto se estudando bastante. Ninguém estava disposto a dar uma bobeira logo nos primeiros minutos e sair atrás do placar. Com isso, o que se via em campo era duas equipe bem postadas e buscando ações seguras.

Na primeira ação mais ousada, o Santa Cruz levou perigo ao goleiro Bruno. Aos oito, Pipico recebeu na entrada da área e abriu para Madson na esquerda. O atacante dominou e chutou forte, no ângulo, mas a bola ganhou altura e assustou o arqueiro do Cianorte.

Após o susto inicial, os donos da casa passaram a valorizar mais a posse de bola na tentativa se criar suas primeiras jogadas ofensivas. Aos 17, o lateral-esquerdo Rael foi para a batida de uma falta de lado, mas ao invés de alçar bola na área, arriscou direto e mandou por cima da meta de Jordan.

Na primeira metade do primeiro tempo, o Tricolor passou a adotar uma postura mais reativa, baixando suas linhas e aguardando o Cianorte no seu campo defensivo. Diante disso, nesse momento, a equipe paranaense já obtinha mais de 60% de posse de bola.

A situação do Santa Cruz ficou complicada quando, aos 31, o árbitro Dewson Freitas expulsou o lateral-direito Augusto Potiguar. Com um a menos, os pernambucanos se retraíram ainda mais. O Cianorte, por sua vez, se jogou mais ao ataque. Aos 38, o meia Calabrês arriscou de muito longe, a bola saiu cheio de curva e obrigou Jordan a espalmar para escanteio. Na cobrança do tiro esquinado, a zaga coral afastou parcialmente e, no rebote, Rael acertou um belo chute, mas a bola passou raspando o travessão.

No retorno para a etapa complementar, a Cobra Coral voltou com uma mudança. O auxiliar-técnico Roberto de Jesus colocou o zagueiro Italo melo na vaga de Karl para ocupar a lateral direita, na lacuna deixada por Augusto Potiguar após a expulsão. E, logo no reinício do jogo, a alteração quase já surtiu efeito. Aos quatro, Italo Melo cobrou lateral para Chiquinho, recebeu o passe, se livrou da marcação e, de fora da área, arriscou uma bomba de perna esquerda, com a bola passando perigosamente rende a trave.

O Cianorte não demorou para dar uma resposta. Aos 11, Rael cobrou falta lateral mandando direto pra meta tricolor, a bola fez uma curva e quase cai dentro da barra, mas Jordan estava esperto e se esticou para espalmar para escanteio. 

Mesmo o Santa conseguindo se defender bem, o time paranaense encontrou o seu gol. Aos 20, Rael cobrou escanteio, o zagueiro Maurício subiu mais alto para cabecear e mandou a bola no cantinho, sem chance para Jordan: 1x0.

Mais inteiro na partida, quase o Cianorte amplia a vantagem. Aos 29, o lateral-direito Michel cruzou bola na área, o centroavante Pachu dominou, fez o pivô e tocou para Morelli, que, mesmo de cara com Jordan, mandou pela linha de fundo.

Nos acréscimos, Wilson Júnior deu belo passe por elevação para Morelli, que chegou livre na linha de fundo e cruzou rasteiro para trás buscando Sávio, que mesmo sem marcação e dentro da área, finalizou para fora. Com isso, o placar permaneceu inalterado e o Santa Cruz foi eliminado da Copa do Brasil. 

Ficha do jogo

CIANORTE

Bruno; Michel, Doma, Maurício e Rael; Zé Vitor (Sávio), Morelli e Calabrês; Buba (Vitor), Grafite (Wilson Júnior) e Pachu. Técnico: João Burse.

SANTA CRUZ

Jordan; Augusto Potiguar, William Alves, Célio Santos e Alan Cardoso (Eduardo); Caetano (Italo Henrique), Karl (Italo Melo) e Derley (Marcos Vinícius); Chiquinho (Péricles), Madson e Pipico. Técnico (auxiliar): Roberto de Jesus.

Local: estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR).
Árbitro: Dewson Fernando Freitas Da Silva (PA).
Assistentes: Helcio Araujo Neves e Márcio Gleidson Correia Dias (ambos do PA).
Gol: Maurício, aos 20 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Zé Vitor, Morelli, Doma (CIA) e Alan Cardoso, Chiquinho (STA).
Cartão vermelho: Augusto Potiguar (STA).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.