Comentário

'Você não vai para o INFERNO', diz Carlinhos Maia para amigo gay de Bruna Karla; SAIBA MAIS

Influenciador Carlinhos Maia mandou mensagem de apoio a Bruno Di Simone após polêmica com Bruna Karla

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 24/06/2022 às 8:37
Notícia
Reprodução/Instagram
Influenciador Carlinhos Maia mandou mensagem de apoio a Bruno Di Simone - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Após a repercussão das falas homofóbicas da cantora gospel Bruna Karla sobre o 'casamento gay', no podcast 'Positivamente', apresentado por Karina Bacchi, diversos famosos, artistas e influenciadores se pronunciaram contra a opinião da evangélica.

Na entrevista, Bruna Karla revelou que só iria ao casamento de um amigo gay caso ele estivesse casando com uma mulher. “Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou sim’”, contou.

A artista gospel também rejeitou de cantar no casamento do amigo homossexual e revelou que, se cantasse, estaria indo de encontro com a bíblia. “Estou falando de um amigo, homossexual, que a gente tem essa liberdade, e eu falei que o dia que eu aceitar cantar em um casamento com outro homem, eu posso parar de cantar sobre a bíblia e sobre Jesus“, completou a artista.

 

Diante da fala, famosos, artistas e cantores ficaram revoltados com a artista gospel, que foi acusada de homofobia.

'VOCÊ NÃO VAI PARA O INFERNO'

Nessa quinta-feira (23), o influenciador Carlinhos Maia, que é casado com Lucas Guimarães, prestou seu apoio ao youtuber, com uma mensagem no Instagram.

“Você não vai pro inferno! Tenha certeza disso. Continue amando Jesus e sendo uma boa pessoa”, escreveu o humorista, ao responder um story de Bruno Di Simone.

Carlinhos Maia também já havia se pronunciado sobre o assunto, logo após a repercussão do caso. Em uma postagem no Instagram, ele comentou: “Meu amor, entenda de uma vez por todas. Não é uma escolha. AA KCT. Não é uma escolha”, disse ele se referindo a pessoa ser homossexual ou não.

Além de Carlinhos, Gil do Vigor, Ludmilla e outros artistas se pronunciaram a respeito das falas. “De fato, quando Jesus aparecer alguém irá se envergonhar e não é seu amigo gay, mas sim você, por sua atitude preconceituosa! João, capítulo 14, fala que Deus nos chama de amigos e a palavra amigo é forte demais para ser sustentada com base no preconceito e falta de amor ao próximo”, escreveu o ex-BBB no Twitter.

Áudio vazado

Em áudio vazado, a cantora Bruna Karla se pronuncia após sua declaração polêmica no podcast. No áudio, Bruna tenta se justificar com o seu amigo homossexual.

"Nenhum momento eu quis expor nossa amizade, e, na verdade, eu nem falei seu nome. Eu quero te dizer, Bruno, que eu sempre te amei e vou continuar te amando muito. Você é meu amigo e a gente respeita a escolha de cada um e a vida de cada um. Eu sempre te respeitei, continuou te respeitando e vou continuar te amando. Você me conhece e você não precisa que ninguém fale de mim para você. Nunca na minha vida, eu fui homofóbica e você sabe disso. Eu sempre te amei. Sempre gostei de estar ao seu lado, de ter você nas minhas festas, nas minhas reuniões e você por perto, mesmo sabendo de suas decisões. O que foi falado ali, foi questão de concordar. E eu concordei ali, com toda paz no meu coração. No dia que eu concordar, realmente, eu não vou viver mais a palavra de Deus que eu acredito. Receba o meu abraço, o meu amor. Eu não quis em nenhum momento te ofender e nem ferir ninguém. Eu falei com muito amor, respeitando a prática. Eu não posso concordar, amigo, com a decisão. Isso está fora das minhas possibilidades porque eu acredito na palavra e eu preciso viver o evangelho da palavra de Deus", relatou Bruna Karla.

Comentários

Mais Lidas