Violência

Pai atira contra pastor evangélico em frente à igreja após filho com Síndrome de Down acusá-lo de estupro

O pastor foi surpreendido em frente à igreja onde trabalha

Suzyanne Freitas
Suzyanne Freitas
Publicado em 28/07/2022 às 6:43
Notícia
Polícia Militar/Divulgação
Caso ocorreu em Peruíbe, no litoral de São Paulo - FOTO: Polícia Militar/Divulgação
Leitura:

Um pai foi preso em flagrante após atirar duas vezes contra um pastor evangélico suspeito de tentar estuprar o filho dele, que tem Síndrome de Down.

De acordo com informações do portal G1, o homem foi detido na noite da última terça-feira (26), em Peruíbe, no litoral de São Paulo.

O religioso, que não foi atingido, será investigado pela Polícia Civil. O pastor foi surpreendido em frente à igreja onde trabalha.

DENÚNCIA

A vítima acionou a Polícia Militar para denunciar os tiros contra ele. Ainda segundo informações do G1, assim que os agentes chegaram, encontraram o atirador no local, que acusou o religioso de tentativa de estupro.

Aos policiais, o pai afirmou ter disparado contra o pastor. Segundo ele, a ação foi motivada por uma denúncia do filho, que tem Síndrome de Down e chegou em casa falando que o religioso teria tentado estuprá-lo, pedindo para que abaixasse as calças.

O autor dos disparos autorizou os policiais entrarem em sua casa, onde foram localizadas duas armas, uma espingarda e uma arma artesanal conhecida como “canhão”, ambas calibre 32. Também foram encontradas três munições, duas deflagradas e uma intacta.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA

Os policiais encaminharam o pastor e o atirador com o filho à Delegacia Sede de Polícia de Peruíbe, onde foi elaborado boletim de ocorrência por porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e estupro tentado.

O autor dos disparos permanece preso e à disposição da Justiça. O pastor foi liberado na condição de investigado. As armas e as munições foram apreendidas.

Comentários

Mais Lidas