PETRóLEO

Óleo avança e chega à praia de Suape, no Cabo de Santo Agostinho

Cerca de 400 pessoas recolhem o material da faixa de areia da região da praia de Suape, no Grande Recife

Óleo avança e chega à praia de Suape, no Cabo de Santo Agostinho

A Prefeitura do Cabo solicitou a ajuda da população para o recolhimento do material - Foto: Foto: Reprodução / WhatsApp

JC Online

Mais uma praia de Pernambuco foi atingida pelos vestígios de óleo. Na manhã deste domingo (20), nas proximidades do Hotel Vila Galé, foi possível observar o material na praia de Suape, situada no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Com isso, já são 23 praias afetadas, só em Pernambuco.

>> Óleo avança e chega à praia de Suape, no Cabo

A Prefeitura da cidade solicitou a ajuda da população para o recolhimento do material, por meio de suas redes sociais. Às 9h30 deste domingo, cerca de 400 pessoas, entre civis e o poder público, recolhiam o óleo da faixa de areia da região, com equipamentos fornecidos pela administração municipal.

>> Dano 'para o resto da vida', diz especialista sobre óleo nas praias

>> Voluntários se reúnem para limpar óleo na praia de Muro Alto

>> Óleo avança e chega à praia de Muro Alto

 

Praias atingidas no fim de semana

Quatro toneladas de vestígios foram retirados das praias de Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco, até às 15h30 da tarde desse sábado (19), segundo a assessoria de imprensa da prefeitura. As manchas de óleo que vêm aparecendo em todo o litoral nordestino, desde o final de agosto chegaram às praias de Maracaípe, Camboa, Toquinho, Merepe, Enseadinha, Cupe, Muro Alto e Serrambi, nesse sábado.

Até o momento, não foi contabilizado óleo em grande quantidade na praia de Porto de Galinhas, a mais famosa do Estado.

30 toneladas

Cerca de 30 toneladas de óleo foram retiradas das praias de Pernambuco somente nesse sábado (19). Somado ao material dessa sexta-feira (18), 50 toneladas de óleo foram recolhidas. Além das praias, também foi removido material em alto-mar, na altura da praia de Muro Alto, em Ipojuca, por um dos barcos contratados pelo governo do Estado, e em alguns rios.

O material recolhido está sendo levado para um aterro sanitário na cidade de Igarassu, no Grande Recife. Pernambuco solicitou apoio da Petrobras para recolhimento posterior do óleo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.