CONFUSãO

Familiares de detentos protestam após morte no complexo do Curado

Após briga que deixou um preso morto e cinco feridos, parentes e esposas de detentos não conseguem fazer visita neste domingo


Familiares de detentos protestam após morte no complexo do Curado

Complexo do Curado - Foto: Reprodução/TV Jornal

A situação no presídio Frei Damião De Bozzano que faz parte do complexo prisional do Curado, Zona Oeste do Recife, está ainda agitada na manhã deste domingo (26). Muitos familiares dos detentos reclamam que desde a tarde do sábado, quando houve uma confusão no local que deixou um morto e cinco feridos, não conseguem entrar para visitar os seus entes. 

Algumas esposas reivindicam pelo menos explicações da Secretaria de Defesa Social (SDS) do que está acontecendo. Há indícios de que feridos estejam dentro do presídi. A esposa de um dos detentos, que preferiu não se identificar, explicou a situação no local.

“A gente quer notícia do nosso do meu esposo. Colocaram a gente para dentro, na visita normal, quando a gente entrou para visita botou a gente para fora de novo. Aí a gente saiu a base de bala”, disse a mulher.

As famílias, em protesto pela falta de informações, atearam fogo em pedaços de pau e sacolas de lixo para fechar a rua.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.