BUSCAS

Barco com pescadores de Brasília Teimosa, no Recife, desaparece no mar

Familiares buscam informações sobre paradeiro de quatro pescadores desde a última quinta-feira (18)


Barco com pescadores de Brasília Teimosa, no Recife, desaparece no mar

Pescadores saíram de colônia em Brasília Teimosa e sumiram no mar após barco ter pane elétrica - Foto: Reprodução/Rádio Jornal

A Marinha do Brasil faz buscas por uma embarcação com quatro pescadores que desapareceu no mar em Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife, na última quinta-feira (18). O barco saiu da colônia de pescadores Z1.

De acordo com familiares, eles saíram na madrugada da quarta-feira (17) e a previsão de retorno era no começo da noite da quinta. O último contato aconteceu através de uma ligação por volta das 22h, quando o pescador William Sena, 27 anos, informou de uma pane elétrica do barco. 

“Tinha passado da hora dele chegar, aí liguei para ele. ‘Vocês estão aonde?’ eu perguntei e ele disse ‘A gente tá no mar, o barco está quebrado’ e aí a ligação caiu e eu não entrei mais em contato. Liguei novamente e já não pegou mais”, afirmou Maria Clara Vieira, esposa de William.

Outros dois pescadores que estavam no barco desaparecido foram identificados como Carlos André e José Luiz. O quarto desaparecido não teve o nome identificado.

Através de nota, a Marinha informou que tomou conhecimento do desaparecimento da embarcação pesqueira “Miguelito I” na tarde de sexta-feira (19). Foi iniciada, então, uma operação de busca e Salvamento, coordenada pelo Salvamar Nordeste, que enviou uma equipe e determinou o deslocamento do Navio-Patrulha Graúna, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste (ComGptPatNavNE) localizado em Natal (RN), para ajudar nas buscas.

A Marinha informou ainda que foi emitido Aviso aos Navegantes; acionada a Rede Nacional Costeira; e realizado contato com a comunidade marítima da região, a fim de ampliar a divulgação sobre o ocorrido e alertar todas as embarcações que estejam navegando em áreas próximas para que possam apoiar as buscas. 

A família dos pescadores desaparecidos fazem um apelo para que as buscas possam incluir também o uso de helicóptero, que facilitaria na procura. 

“Pelo os que os pescadores sabem da correnteza do mar, pode ter levado eles para o lado de Pitimbu, Paraíba. E a capitania mandou uma lancha muito pequena, que não dá suporte para isso. Então, o que a gente tá pedindo é que eles mandem um helicóptero, porque vai ajudar na busca e com certeza eles vão achar eles", afirmou Maria Clara.

Ouça a reportagem de Marcela Maranhão:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.