OPERAçãO SULANCA

Após registro de aglomeração, Feira da Sulanca recebe fiscalização de quase 300 PMs

A Feira da Sulanca ainda não teve o funcionamento liberado, mas aglomerações foram registradas no local

Após registro de aglomeração, Feira da Sulanca recebe fiscalização de quase 300 PMs

Registro de aglomeração na Feira da Sulanca, em Caruaru - Foto: Jobson Gonçalves/TV Jornal Interior

Após registro de aglomeração, a Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, irá ter uma fiscalização reforçada neste domingo (2) e na segunda-feira (3). De acordo com a Polícia Militar, 283 policiais vai efetuar a Operação Sulanca. Na ocasião, as ações farão isolamento na área onde acontece a feira, no Parque 18 de Maio, das 7h deste domingo até às 20h da segunda-feira (3). Apesar da liberação de algumas atividades, a feira ainda não teve o funcionamento liberado para a população se aglomerar.

Pontos de bloqueio

Ainda de acordo com a PM, a fiscalização na área do Parque 18 de Maio terá pontos de bloqueio, patrulhamento a pé, em viaturas, motocicletas e a cavalo. Haverá isolamento no perímetro da feira e varredura das ruas adjacentes ao Parque.

>>Vídeo: População faz festa e se aglomera em posto de gasolina, em Olinda

>>Ainda proibida, Feira de Sulanca em Caruaru registra aglomeração na manhã desta segunda-feira (27)

>>População ignora pandemia do coronavírus e se aglomera em Jaboatão

Reforço

A fiscalização terá reforço de agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (DESTRA) de Caruaru, que também poderão realizar a apreensão de mercadorias nos casos de comércio irregular. 

Operação Sulanca

A Operação Sulanca tem o objetivo de combater aglomerações geradas pelo comércio ambulante e em porta-malas de carros estacionados em vias públicas - esse tipo de comércio pode resultar em apreensão do veículo e das mercadorias. 

Retorno da feira

Desde março a Feira da Sulanca está com o funcionamento suspenso. Segundo anunciou a prefeita Raquel Lyra (PSDB), na semana passada, a previsão de retorno das atividades da feira estão previstas apenas para o dia 10 de agosto.

"A possibilidade é que, a partir do dia 10, se os números continuarem caindo como estão caindo, haverá, a partir da suspensão do decreto do governo de Pernambuco, a possibilidade de a gente retomar as feiras", afirmou Raquel. Segundo a prefeita, todas as feiras reabrirão numa mesma data.

Protocolo para retomada da Feira da Sulanca

Apesar de o dia 10 de agosto ainda não ser uma data confirmada para a volta do funcionamento da Feira da Sulanca, o protocolo para a retomada das atividades já está definido - todas as medidas foram anunciadas no último dia 20 de julho. Entre os itens do protocolo estão o uso obrigatório de máscaras, aferição de temperatura, instalação de barreiras sanitárias e de dispensadores de álcool em gel e a fiscalização, que será feita pela prefeitura. 

Confira o protocolo completo:

Excursionistas (ônibus e fretes que trazem pessoas de outras cidades)

  • - Aferição obrigatória de temperatura e proibição de embarque de pessoas com temperatura acima de 37,5°C;
  • - Em viagem de mais de 4h de duração, a aferição deve ser feita a cada 2h;
  • - Uso de máscara por todos os passageiros e funcionários da empresa;
  • - Instalar e manter abastecidos, no interior do veículos, dispensador de álcool em gel ou lavatório para higienização das mãos;
  • - Higienizar o interior e o exterior do veículo;
  • - Lotação máxima recomendada de 50% da capacidade;
  • - Comunicar aos passageiros sobre recomendações e riscos do descumprimento das normas;
  • - Apresentação de guia de transporte dos passageiros com registro da temperatura;
  • - Monitorar a saúde dos funcionários dos excursionistas.

Lojistas, permissionários e estabelecimentos privados

  • - Uso obrigatório de máscara;
  • - Proibição de expositores em áreas externas, não sendo permitido nenhum obstáculo fora dos limites do banco;
  • - Exibição de cartazes com as orientações de saúde;
  • - Higienização dos balcões e área interna dos bancos, antes, durante e depois da feira;
  • - Instalar e manter abastecido dispensador de álcool em geral ou recipiente para higienização das mãos;
  • - Monitorar saúde das pessoas.

Clientes e consumidores

  • - Uso obrigatório de máscaras;
  • - Evitar aglomerações e contatos físicos;
  • - Higienizar as mãos sempre que possível;
  • - Ao apresentar sintomas, ficar em casa.

Prefeitura de Caruaru

  • - Implantar barreiras sanitárias nos principais acessos;
  • - Instalar estações de higienização em locais estratégicos;
  • - Realização de ações de sanitização, antes e depois da feira;
  • - Fiscalização com agentes de vigilância sanitária e fiscais das feiras;
  • - Reforço na higienização dos banheiros com produtos sanitizantes.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.