JUSTIçA

Major da PM que causou acidente por embriaguez tem prisão preventiva decretada

O acidente causou a colisão de quatro veículos, no bairro de Casa Forte, e uma pessoa ficou ferida

Major da PM que causou acidente por embriaguez tem prisão preventiva decretada

O acidente causado pelo major da PM foi registrado na Central de Plantões da Capital - Foto: Bruno Campos/JC Imagem

O major da Polícia Militar que ocasionou o acidente na Avenida Dezessete de Agosto, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife, teve a prisão preventiva decretada pelo juiz José Carlos Vasconcelos Filho, após a decisão em audiência de custódia divulgada neste sábado (15). O major autuado deve ser apresentado ao sistema prisional, através da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), no o Centro de Reeducação da PM (Creed) para o cumprimento do mandado de prisão.

Autuado em flagrante

A Polícia Civil autuou em flagrante por delito por lesão corporal de trânsito e embriaguez. De acordo com informações iniciais, o suspeito dirigia em alta velocidade e se envolveu em dois acidentes, um no Parnamirim com uma motocicleta e outro com um veículo, na Avenida Dezessete de Agosto. Na ocasião uma pessoa ficou ferida e ficou em observação no Hospital Esperança.

>>Major da PM bate em 4 veículos, deixa advogada ferida e recusa fazer teste do bafômetro em Casa Forte

Processo administrativo disciplinar

A Polícia Militar informa que o oficial envolvido em um acidente vai responder de acordo com o que determinam as leis do trânsito. Do ponto de vista interno (da Polícia Militar), ele irá passar por processo administrativo disciplinar, tendo em vista que o policial estava vestindo parte da farda da Corporação em uma situação embaraçosa.

Relembre o caso

De acordo com testemunhas, o major estava com os faróis do carro apagados quando invadiu a contramão. Ele bateu em um motoqueiro, de frente com o carro onde estava um casal, em três outros veículos que estavam estacionados e só parou ao se chocar em um muro. A CTTU informou que o major da PM foi multado por não apresentar a carteira de habilitação, por embriaguez ao volante e apresentar sinais de que havia ingerido bebida alcoólica. Além disso, ele se negou a fazer o teste do bafômetro. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.