COVID-19

Feriado de aglomerações e desrespeito à prevenção nas praias e no Recife

Na capital pernambucana e praias do Litoral Sul, como Porto de Galinhas, a população parece ter se esquecido da pandemia do novo coronavírus (covid-19)

Feriado de aglomerações e desrespeito à prevenção nas praias e no Recife

Foi difícil evitar aglomerações e encontrar quem estivesse de máscara, neste feriadão - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Pernambuco é um dos destinos mais procurados pelos turistas, neste feriadão da padroeira do Brasil. No Recife, o Marco Zero recebeu centenas de visitantes, no final de semana.

As praias do Litoral Sul do Estado também acolheram banhistas daqui e de outros estados. Foi difícil evitar aglomerações e encontrar quem estivesse de máscara.

 

 

 

>> Aeroportos, rodoviária e hotéis preveem mais movimentação no feriado

>> PRF reforça fiscalização nas rodovias para fim de semana prolongado

>> Saiba o que abre e fecha no Recife durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida

>> Confira os feriados prolongados em 2021 para compensar os 'cancelados' de 2020

>> Uso de máscara é raro em movimentação na praia de Boa Viagem no feriado de 07 de setembro

 

Porto de Galinhas

Nas praias do Litoral Sul, o feriadão foi de sol forte e muita aglomeração. Em Porto de Galinhas, distanciamento e uso de máscaras, só nos hotéis.

Na faixa de areia, a sensação era de que a pandemia já tinha acabado. Frequentadores, mesmo sem ingerir comidas e bebidas, ignoravam a determinação do uso de máscaras. Poucos comerciantes estavam usando, e o distanciamento social estava impossível de ser praticado.

Expectativa

No município de Ipojuca, a estimativa é de que cerca de 90 mil visitantes passem por Porto de Galinhas, uma das praias mais badaladas do Nordeste, até o final do feriado de Nossa Senhora Aparecida. O número equivale ao registrado no último feriadão, de sete de setembro.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.