MORTE

Causa da morte de ex-ginasta Ana Paula Scheffer será investigada

Primeiro exame do IML foi inconclusivo; ex-atleta tinha 31 anos e foi medalhista no Pan 2007 no Rio

Causa da morte de ex-ginasta Ana Paula Scheffer será investigada

Ana Paula Scheffer foi encontrada morta em Toledo, no Paraná - Foto: Reprodução/Facebook

O Instituto Médico Legal (IML) do Paraná informou que o primeiro exame feito para definir a causa da morte ex-atleta da seleção brasileira de ginástica rítmica Ana Paula Scheffer, encontrada morta na sexta-feira (16), foi inconclusivo. Por causa disso, o corpo da ex-atleta precisará passar por um novo exame. A família da jovem de 31 anos suspeita que ela possa ter tido um infarto.

Ana Paula foi encontrada morta na sexta-feira (16), deitada na cama do quarto, por volta das 12h de sexta-feira pela mãe dela, Sonia Scheffer. Ela morava em Toledo, na região oeste do Paraná.

Medalhista nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, a ex-ginasta trabalhava atualmente como técnica.
O velório de Ana Paula Scheffer acontecerá a partir das 10h30 deste sábado, na cripta da Catedral Cristo Rei, em Toledo. O sepultamento deve ocorrer na tarde de domingo (18), também na cidade paranaense.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.