PANDEMIA DO NOVO CORONAVíRUS

Réveillon na pandemia: Olinda restringe uso da orla na véspera de ano novo

Proibição vale a partir das 17h do dia 31

Réveillon na pandemia: Olinda restringe uso da orla na véspera de ano novo

Olinda proíbe comércio na orla no réveillon - Foto: Day Santos/TV Jornal

Assim como no Recife, Jaboatão dos Guararapes e várias outras cidades espalhadas pelo país, Olinda também restringiu as atividades na orla durante o Réveillon. A decisão da prefeitura municipal é para tentar barrar possíveis aglomerações, em meio ao aumento no número de casos da covid-19 neste final de ano. 

As regras valem a partir das 17h da próxima quinta-feira (31), véspera de ano novo. De acordo com a prefeitura, estão proibidos o comércio e a instalação de toldos, cadeiras, mesas e bancos. Também é proibido som na praia e a queima de fogos de artifício. 

Questão de saúde pública

“Todos os anos a colocação de toldos só era permitida após cadastro e autorização na Prefeitura. Este ano não estamos autorizando e pedimos  que a população contribua. Temos a saúde como prioridade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente e Planejamento Urbano, André Botelho.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.