NOVIDADE NA INTERNET

Conheça o Clubhouse: a nova rede social do momento; veja como participar

Permitindo apenas o compartilhamento de áudios, o Clubhouse faz sucesso entre famosos


Conheça o Clubhouse: a nova rede social do momento; veja como participar

Clubhouse é uma rede social exclusiva para iPhones - Foto: Reprodução

Com foco total em conversas por áudio, o Clubhouse é a nova rede social do momento. O aplicativo ficou famoso após famosos participarem de conversas públicas na plataforma. Entre as personalidades que já aderiram à febre, a apresentadora Oprah Winfrey, o ator Ashton Kutcher e o homem mais rico do mundo, o empresário Elon Musk. No Brasil, o diretor da TV Globo Boninho fez sucesso ao participar de uma conversa sobre o Big Brother Brasil. 

Por enquanto, a plataforma só está disponível para iPhones e só pode ser acessada por quem recebe um convite para participar. Quem consegue entrar na rede social, encontra várias salas com assuntos variados. Fora a imagem de perfil dos usuários, a plataforma não permite compartilhamento de nenhuma outra imagem. Ali, somente áudios são utilizados para a interação do público. 

O aplicativo já disponibiliza algumas salas sobre assuntos variados, mas o usuário também pode criar salas, ou grupos, apenas para os amigos. Em reuniões maiores, o criador da sala pode optar por definir que apenas ele fale ou também pode permitir que outras pessoas participem da conversa. Neste caso, para indicar que quer falar, o participante pode usar um emoji de “mão levantada”. Em salas menores, todos os participantes podem ficar com o microfone aberto, caso isso seja autorizado pelo moderador. 

Em cada sala, o limite de ouvintes simultâneos é de 5 mil pessoas e não há possibilidade de gravar as conversas com o celular que está sendo usado para acessar o app. Os áudios também não ficam armazenados no app. A gravação só acontece quando um suário reclama de algum abuso. 

Como conseguir o convite para entrar no Clubhouse?

Se ainda não tiver convite, o internauta pode baiar o app e se inscrever em uma lista de espera. Essa lista é sincronizada com os contatos do celular e, caso algum amigo já esteja na plataforma, ele consegue permitir a entrada na rede. Os desenvolvedores acreditam que “em breve” uma versão para Android será lançada. 

Clubhouse

A plataforma foi criada por Rohan Seth, que é ex-funcionário do Google, e por um empresário do Vale do Silício, chamado Paul Davidson. Eles se conheceram em 2011 e disseram que fizeram vários experimentos até chegar na fórmula do Clubhouse. 

O aplicativo foi lançado no ano passado, em março, mas só se popularizou no início de 2021. A ideia, segundo os fundadores, é que pessoas de várias regiões do globo possam contar histórias e criem amizades por meio da voz. A “Axios”, um site especializado em tecnologia, estimou o valor da Clubhouse em US$ 1 bilhão.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.