FISCALIZAçãO

Saiba o que foi proibido pelo Governo de Pernambuco durante os dias do Carnaval 2021

O Governo de Pernambuco estabeleceu uma série de medidas restritivas, principalmente durante o período do Carnaval 2021


Saiba o que foi proibido pelo Governo de Pernambuco durante os dias do Carnaval 2021

Procon é responsável por fiscalização de bares e restaurantes e deve ter mais rigor durante os dias de carnaval - Foto: Divulgação/Procon

O período que, normalmente, seria de folia e muita animação, pelas ruas em todo o Estado de Pernambuco, deu vez para restrições para proteger a saúde da população. Por conta da pandemia da covid-19, as pessoas não podem desfilar com as fantasias durante o Carnaval e precisam seguir as medidas estabelecidas pelo governo estadual durante os dias do reinado de Momo, do sábado (13) à quarta-feira (17), e evitar aglomerações que, de acordo com especialistas, é o mais prudente.

As proibições vão desde eventos sociais até pontos carnavalescos como o Recife Antigo e o Sítio Histórico de Olinda. Para denunciar aglomerações, a população pode ligar para o 190. Confira abaixo o que foi proibido pelo Governo de Pernambuco durante o período do Carnaval 2021:

Fechamento de bares e restaurantes

A proibição do funcionamento de bares, restaurantes e comércios ambulantes no Sítio Histórico de Olinda e no bairro do Recife vai valer das 20h dessa sexta-feira (12) até às 6h da segunda-feira (15) de Carnaval, segundo o decreto do Governo de Pernambuco. Além disso, o uso de som, ao vivo ou mecânico está proibido em qualquer bar, restaurante, praia, boate e demais locais que possam provocar aglomeração de pessoas. Essa decisão segue até o dia 15 de março de 2021.

> Carnaval 2021: após alterações por causa da pandemia, veja o que abre e o que fecha

> Abrasel se pronuncia após fechamento de bares e restaurantes no fim de semana do Carnaval

“Essa medida vai nos ajudar a evitar aglomerações nesses locais, que são tradicionalmente focos de folia no período de momo. O momento continua exigindo muita responsabilidade por parte de todos nós”, disse o governador Paulo Câmara. 

“Essa medida vai nos ajudar a evitar aglomerações nesses locais, que são tradicionalmente focos de folia no período de momo. O momento continua exigindo muita responsabilidade por parte de todos nós”, disse.

Eventos sociais

Desde o dia 25 de janeiro, os eventos sociais e corporativos estão suspensos em Pernambuco para conter o crescimento do número de casos da covid-19. A medida, que vale por 30 dias, mas pode ser prorrogada. De acordo com a Associação Brasileira das empresas de eventos, 50 mil profissionais foram afetados com a suspensão dessas atividades.

Fiscalização 

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, revelou que o esquema de fiscalização será intensificada durante o Carnaval não só nas localidades onde haverá proibição e e ainda alertou sobre as lives de Carnaval 2021, que ''estarão rigorosamente proibidas acima de 10 pessoas''. 

> Comércio do Recife funcionará normalmente durante o carnaval

> Sem ponto facultativo, como fica o Carnaval 2021 para quem trabalha?

Presidente do Galo da Madrugada não descarta carnaval fora de época ainda este ano

"O Procon vai estar nas ruas nos locais que foram falados pelo secretário André Longo, mas também na periferia. A questão não vai estar restrita somente ao Sítio Histórico de Olinda ou à ilha do Recife. Nós vamos estar em todos os locais. A gente quer pedir às pessoas que não saiam atrás de troças", disse o secretário Pedro Eurico.

Já o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, informou que as delegacias estarão com efetivo reforçado durante todos os dias de Carnaval 2021, sendo 1.928 postos de trabalho de policiamento. As denúncias de qualquer outra aglomeração podem ser feitas pelos números 190, 181 e pelo telefone 0800.081.5001.

"Todas as forças de segurança estarão com reforço, bem como as delegacias. A fiscalização será intensificada no Sítio Histórico de Olinda, Bairro do Recife e outros pontos da Região Metropolitana, Agreste e Sertão", afirmou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.