AUXíLIO EMERGENCIAL

Auxílio emergencial: Governo fará seleção prévia para pagamento de benefício em 2021, diz jornal

Previsão é que menos pessoas recebam o auxílio emergencial neste ano


Auxílio emergencial: Governo fará seleção prévia para pagamento de benefício em 2021, diz jornal

Longa fila na agência da Caixa Econômica Federal no Aeroporto do Recife para saque do auxílio emergencial no ano passado - Foto: Welington Lima/JC Imagem

O governo se prepara para reiniciar o pagamento do auxílio emergencial no próximo mês de março. No entanto, de acordo com o jornal Extra, antes de liberar os depósitos, o governo vai fazer uma seleção prévia no cadastro dos beneficiários que sacaram o auxílio no ano passado.

Segundo fontes ouvidas pelo Extra, diferente do que aconteceu em 2020, quando os próprios beneficiários fizeram uma autodeclaração, neste ano, o Ministério da Cidadania já tem um banco de dados pronto para garantir quem tem direito a receber o dinheiro. 

A ideia do governo, segundo o jornal, é que a nova rodada de parcelas seja depositada automaticamente. Desta forma, também diferente do que foi feito em 2020, os beneficiários não precisarão se inscrever para receber o auxílio. 

De acordo com a reportagem, os critérios para o recebimento do benefício devem ser os mesmos do ano passado. Entretanto, ainda não se sabe se mães solteiras vão receber o dinheiro em dobro, como na primeira rodada de pagamentos. 

Pente fino

Dos quase 68 milhões de pessoas que receberam a verba em 2020, pouco mais de 40 milhões vão receber novamente neste ano. Entre os que devem receber novamente, 14 milhões de beneficiários do bolsa família e trabalhadores informais e pessoas vulneráveis fora do Bolsa Família. 

Parcelas

Segundo o jornal, a ideia é que o valor do auxílio seja dividido em quatro parcelas de R$ 250.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.