PROBLEMA

Vacinas contra covid-19 são perdidas após criança desligar refrigerador no Espírito Santo

Segundo a prefeitura de Rio Bananal, no Espírito Santo, 133 doses da Coronovac foram perdidas


Vacinas contra covid-19 são perdidas após criança desligar refrigerador no Espírito Santo

Coronava seria utilizada para vacina profissionais de saúde contra a covid-19 - Foto: Divulgação/Instituto Butantan

Com informações do Estadão Conteúdo

A Polícia Civil descobriu que uma criança de nove anos, durante uma brincadeira, desligou o relógio de energia de uma unidade de saúde da cidade de Rio Bananal, que fica a 177 quilômetros de Vitória, capital do Espírito Santo. Após a chegada dos profissionais de saúde, foi possível perceber que o refrigerador onde ficam as vacinas contra a covid-19 estava com a temperatura de 23°C, sendo que a temperatura indicada é entre 2 e 8°C. O caso aconteceu na última quinta-feira (18). De acordo com a prefeitura, 133 doses da Coronavac foram perdidas.

 Abaixo do equipamento, por exemplo, esta escrito a palavra "coronavirus" com giz branco. As vacina contra a covid-19 que foram perdidas seriam a segunda dose aplicada nos profissionais de saúde do município. Ao Estadão Conteúdo, a Polícia Civil informou que o inquérito será concluído e remetido ao Ministério Público, com cópia para o Conselho Tutelar do Município, que adotarão as providências cabíveis.

> Pazuello diz que governo distribuirá 4,7 milhões de doses da vacina até março

> Covid-19: Foto registra superlotação em sala de emergência do Hospital Getúlio Vargas

Pelo fato de ser uma cidade pequena, com aproximadamente 19 mil habitantes, as vacinas contra a covid-19 ficam em um único refrigerador. Com a mudança na temperatura, outras vacinas também foram afetadas, além de 53 testes RT-PCR, usados para detectar se uma pessoa está contaminada com a covid-19, ficaram estragados e foram devolvidos para o Laboratório Central do Estado (Lacen).

Reposição das vacinas

A prefeitura de Rio Bananal informou que repassou a situação para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), que em nota prometeu que as doses da contra a covid-19 erdidas serão repostas.

> Covid-19: Prefeitos voltam a defender vacinação de profissionais de educação

"O município deve preencher um formulário sobre o episódio que será remetido ao Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) para avaliação. Os parâmetros de estabilidade da vacina serão avaliados pelo INCQS sobre o uso ou não dos imunobiológicos. Enquanto estão sob análise do INCQS, a Sesa possui reserva técnica para suprir o município".

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.