INVESTIGAÇÃO

Soldado do Exército de 19 anos morre após ser atingido por tiro em quartel em Camaragibe

Morte do soldado do Exército Welton Philipe Santos da Silva ocorreu neste sábado (27)

Soldado do Exército de 19 anos morre após ser atingido por tiro em quartel em Camaragibe

O caso aconteceu no interior de um quartel - Foto: Acervo pessoal

O Exército Brasileiro instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para investigar as circunstâncias da morte do soldado Welton Philipe Santos da Silva, de 19 anos, neste sábado (27), após ser atingido por um disparo de arma de fogo em Aldeia, no município de Camaragibe, Região Metropolitana do Recife (RMR). O caso aconteceu no interior de um quartel. 

Segundo Wellington Antônio da Silva, pai do soldado do Exército, o filho foi atingido por um disparo de fuzil no peito enquanto estava de serviço. Ele retornaria para casa no final da tarde deste domingo (28).

>> Soldado é baleado após discussão na Base Aérea do Recife

>> Ciclista morre atropelado por sargento do exército na Zona Norte; veja vídeo

 

"Eu estava na minha casa e recebi um telefonema do comandante do quartel em que meu filho exercia a função de soldado. Ele disse que meu filho tinha sofrido um pequeno acidente, e que estava na UPA da Caxangá com meu filho. E daí ele perguntou se eu poderia ir. Disse que sim e perguntei se era grave. Ele falou: ‘o senhor tem como vir’? E eu fui. Quando cheguei, eles me chamaram em uma sala, que estavam o comandante, o capitão, a tenente psicóloga, que me atendeu muito bem. Me deram todo o suporte. Perguntei se meu filho estava vivo, e ele falou que, infelizmente, meu filho tomou um tiro de fuzil no peito e veio a óbito", relatou.

Em nota, a Polícia Civil informou que as investigações ficarão à cargo da Justiça do Exército porque o crime ocorreu dentro das dependências do Exército. 

Resposta do Comando Militar do Nordeste

O Comando da 7ª Região Militar lamenta informar com muito pesar o falecimento do Soldado Welton Philipe Santos da Silva, integrante do 7º Depósito de Suprimento, no dia 27 de fevereiro de 2021 decorrente de acidente com arma de fogo. Foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

Está sendo prestado todo o apoio psicológico e religioso à família do militar. Os integrantes do Comando da 7ª Região Militar e do 7º Depósito de Suprimento sentem-se consternados pela perda e rogam a Deus pelo conforto da família enlutada. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.