PANDEMIA

Covid-19: UTIs de Pernambuco são ocupadas por jovens que estão em aglomerações

Informação é do presidente do Sindicato dos Hospitais do Estado

Covid-19: UTIs de Pernambuco são ocupadas por jovens que estão em aglomerações

Há um aumento dos casos da covid-19 entre os jovens que estão frequentando baladas, raves e festas - Foto: Reprodução/Internet

Está crescendo o número de jovens ocupando leitos de UTIs em Pernambuco destinados a casos suspeitos e confirmados do novo coronavírus (covid-19). A informação é do presidente do Sindicato dos Hospitais do Estado, George Trigueiro.

Em entrevista à Rádio Jornal, ele informou que está diminuindo o acesso às vagas de terapia intensiva de pessoas idosas, como reflexo da vacinação. Porém, há um aumento dos casos da covid-19 entre os jovens que estão frequentando baladas, raves e festas, devido a nova variante do coronavírus.

Pernambuco poderá adotar medidas mais restritivas nos próximos dias

Em entrevista à Rádio Jornal realizada nesta segunda-feira (1º), o secretário Estadual de Saúde de Pernambuco, informou que, mesmo com algumas medidas já adotadas, podem haver mais restrições nos próximos dias. Na ocasião, Longo também falou sobre a alta taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e destacou a preocupação das autoridades de saúde com o aumento de casos de coronavírus.

"Tem mais doente entrando nos nossos leitos de UTI do que a nossa capacidade de tirá-los. Isso faz com que a taxa de ocupação fique crescente e é preciso abrir várias frentes, como ampliar a vacinação, especialmente dos idosos.

Leitos

O secretário destacou ainda que, no último fim de semana, Pernambuco abriu novos 22 leitos, mas que foram rapidamente ocupados por pacientes em estado grave. A perspectiva é de que o Estado abra novos 50 leitos nesta semana, mas, ainda assim, a quantidade pode não ser suficiente para atender à demanda. 

"Se a aceleração (do contágio) continuar rápida, como a gente começa a ver, não vai ter leito suficiente. [...] Nós precisamos nos unir como sociedade em Pernambuco para cumprir com as medidas sanitárias nas próximas semanas, porque aí, caso contrário, nós podemos ter o pior março da história se nós não nos unirmos e não entendermos o memento em que nós estamos passando", alertou Longo.

Medidas

Na última semana, Pernambuco adotou medidas restritivas para conter a disseminação da Covid-19. Na sexta-feira (26), 63 municípios das II, IV e IX Gerências Regionais de Saúde (Geres) suspenderam atividades não essenciais das 20h e 5h, durante a semana, e das 17h até as 5h nos fins de semana, enquanto o restante do Estado suspendeu das 22h e 5h.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.