MEIO-AMBIENTE

[Vídeo] Vazamento de esgoto na praia de Porto de Galinhas, no litoral Sul de Pernambuco

Após fortes chuvas durante o fim de semana, o esgoto voltou a vazar na praia de Porto de Galinhas


[Vídeo] Vazamento de esgoto na praia de Porto de Galinhas, no litoral Sul de Pernambuco

Esgoto na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco - Foto: Cortesia

Com informações de Danielle Santana, do Jornal do Commercio

Um vídeo publicado no Instagram do Salve Maracaípe mostra o vazamento de esgoto na praia de Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco. O caso aconteceu depois de fortes chuvas na Região Metropolitana do Recife durante o final de semana.  O vazamento é próximo as piscinas naturais que atraem os turistas para o local. É a segunda vez em menos de 15 dias que o esgoto vaza na praia. 

"É inadmissível que um dos municípios mais ricos do Brasil e que atrai um dos maiores números de turistas do País fique despejando esgoto no seu principal cartão postal: as piscinas naturais! Um esgoto carregado de poluentes, sujeira da rua e lixo plástico. A falta de saneamento básico em Porto de Galinhas é vergonhosa e criminosa. Um município rico onde as questões ambientais são simplesmente ignoradas e a justiça nada faz", diz a legenda da publicação.

Denúncia

O caso do esgoto foi denunciado à Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), que comprometeu afirmou ao Jornal do Commercio que enviaria uma equipe de fiscalização ao local nesta segunda-feira (01). Até a publicação da matéria, não foi possível confirmar se a equipe compareceu ao local. 

Resposta da Prefeitura de Ipojuca 

A Prefeitura do Ipojuca informou que a gestão municipal está buscando alternativas para resolver o problemas do esgoto junto ao Governo Federal, através de nota enviada ao Jornal do Commercio.

"Nesta última semana, [a prefeita Célia Sales] esteve em Brasília e tratou diretamente com os ministros do Turismo e do Meio Ambiente, Gilson Machado e Ricardo Salles, respectivamente. Além do presidente da Embratur, Carlos Brito. Na ocasião, o projeto municipal foi apresentado e um grupo de trabalho com técnicos do Governo Federal e da Prefeitura do Ipojuca foi criado". Leia a nota na íntegra no JC Online.

Reposta da Compesa

Em contato com o Jornal do Commercio, a Compesa informou que não opera o sistema de esgotamento sanitário em Porto de Galinhas, e uma obra de implantação foi iniciada pela prefeitura municipal, mas ainda não foi concluída.

"No intuito de colaborar na solução da questão, que beneficiará a população e turistas, a Compesa se comprometeu em assumir a recuperação das unidades de esgoto já iniciadas. Os investimentos são da ordem de R$ 40 milhões, e estão previstos no Programa Cidade Saneada, a Parceria Público Privada do Saneamento da Região Metropolitana do Recife. A expectativa é que as ações sejam iniciadas em 2022, com previsão de conclusão em 2023, prazos estes pactuados com o município. Até a conclusão das obras, a operação é de responsabilidade da Prefeitura de Ipojuca", afirmou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.