CORONAVÍRUS

Covid-19: Pernambuco chega a 95% de ocupação em leitos de UTI na rede pública

Boletim da SES-PE trouxe novos números da doença no estado

Covid-19: Pernambuco chega a 95% de ocupação em leitos de UTI na rede pública

Leitos de UTI dedicados a pacientes com sintomas de covid-19 em Pernambuco - Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

A taxa de ocupação de leitos de UTI na rede pública de Pernambuco chegou a 95%, de acordo com dados emitidos pela Secretaria Estadual de Saúde, neste domingo (7). Já os de enfermaria estão em 82%. Na rede privada, o índice em leitos de UTI é de 91% e 56% nos leitos de enfermaria.

Ainda segundo o informe, o estado registrou 300 casos de covid-19. Entre os confirmados hoje, 45 (15%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 255 (85%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 308.284 casos confirmados da doença, sendo32.965 graves e 275.319 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

>>>Morre, por complicações da covid-19, Luiz Ceará, dono do restaurante Arriégua, no Recife

>>>Covid-19: Morre, aos 39 anos, Kleber Lopes, humorista de 'A Praça é Nossa'

>>>Pernambuco registra crescimento de casos da covid-19 em quase todas faixas etárias, diz secretário de saúde

Além disso, o boletim registra um total de 265.022 pacientes recuperados da doença. Destes, 19.952 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 245.070 eram casos leves. Também foram confirmados laboratorialmente 20 novos óbitos (7 masculinos e 13 femininos), ocorridos entre os dias 21/12/2020 e 06/03/2021. As novas mortes são de pessoas residentes
dos municípios de Belo Jardim (1), Bezerros (1), Carpina (1), Caruaru (1), Condado (2), Cupira (1), Feira Nova (1), Lajedo (2), Olinda (1), Paulista (4), Recife (2), São Lourenço da Mata (1) e Serra Talhada (2).

Com isso, o Estado totaliza 11.173 mortes pela doença. Os pacientes tinham idades entre 39 e 90 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (3), 50 a 59 (1), 60 a 69 (4), 70 a 79 (7) e 80 ou mais (4). Do total, 14 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (8), diabetes (6), hipertensão (4), obesidade (2), doença respiratória (1), imunossupressão (1), tabagismo (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade.

Os demais seguem em investigação. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 26.793 casos foram confirmados e 46.010 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Vacinação

Pernambuco já aplicou 505.649 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 368.520 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 166.708 trabalhadores de saúde; 24.039 povos indígenas aldeados; 5.587 idosos em Instituições de Longa Permanência; 32.105 idosos de 75 a 79 anos; 58.255 idosos de 80 a 84 anos; 80.974 idosos a partir de 85 anos; além de 852 pessoas com deficiência institucionalizadas. Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 106.796 trabalhadores de saúde; 22.490 povos indígenas aldeados; 4.128 idosos institucionalizados; 3.058 idosos de 80 a 84 anos; 64 idosos a partir de 85 anos e 593 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 137.129 pessoas que já finalizaram o esquema.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.