SAúDE

Pernambuco regista mais de 1,6 mil casos e 39 mortes por covid-19 neste sábado (13)

Os registros da covid-19 em Pernambuco são feitos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE)


Pernambuco regista mais de 1,6 mil casos e 39 mortes por covid-19 neste sábado (13)

Movimentação em Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco - Foto: Reprodução/TV Jornal

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) enviou o boletim atualizado com os casos da covid-19 em Pernambuco. Neste sábado (13), o Estado registrou 1.631 casos da doença. Entre as confirmações, 117 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.514 (93%) são leves. Além desses registros, o governo estadual também confirmou 39 mortes, ocorridos entre 31/01/2021 e 12/03/2021.

No total, Pernambuco tem 316.424 casos confirmados da covid-19, sendo 33.498 graves e 282.926 leves, e totaliza 11.357 mortes. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Novo lote de vacinas chegam a Pernambuco

O Governo de Pernambuco confirmou que recebeu mais 110.800 vacinas contra a covid-19 produzidas pela Sinovac/Butantan. As novas doses, ainda de acordo com o governo estadual, serão destinadas para finalizar o processo de imunização dos idosos de 80 a 84 anos, dar seguimento a vacinação dos trabalhadores de saúde e iniciar o tratamento nos idosos com idade entre 75 e 79 anos.

Medidas de prevenção contra covid-19

Após fiscais do Procon terem flagrado uma festa para mais de 100 pessoas em uma fazenda na Zona Rural de Moreno, no Grande Recife, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, afirmou que quem for flagrado em festas clandestinas e aglomerações pode ser preso. Segundo ele, todos os que desobedecem às medidas restritivas em todo o Estado de Pernambuco, estão praticando crimes contra a saúde pública.

> Covid-19: Com medidas em Pernambuco, o que são serviços essenciais e não essenciais?

> Com aumento de mortes por covid-19, Estados reforçam restrições; veja situação em Pernambuco

"Não vamos mais tolerar esse tipo de comportamento. Todos que participam estão praticando um crime contra a saúde pública, previsto no artigo 268 do código penal", destacou o secretário.

> Covid-19: "Os jovens se acham invencíveis, mas podem desenvolver casos graves", diz secretário

Pedro Eurico também afirmou que, a partir de agora, quem for flagrado em festas clandestinas e aglomerações pode ser preso. Segundo ele, todos os que desobedecem às medidas restritivas em todo o Estado de Pernambuco, estão praticando crimes contra a saúde pública.

"A partir de agora, vamos prender todo mundo. Pode ser aglomeração festiva ou festa clandestina, vai todo mundo preso, não só o responsável. Todos os participantes serão conduzidos a uma delegacia e responderão a processo criminal", alertou Pedro Eurico

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.