DINHEIRO

Novo auxílio emergencial começa a ser pago em 5 de abril, diz site

De acordo com a apuração do SBT News, o inicio de pagamento do novo auxílio emergencial está nas mãos do presidente Jair Bolsonaro

Novo auxílio emergencial começa a ser pago em 5 de abril, diz site

Novo auxílio emergencial foi confirmado pelo governo federal - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O auxílio emergencial já está pronto e deve ser divulgado em breve pela Caixa Econômica Federal. A proposta é pagar quatro parcelas, que variam de R$ 150 a R$ 375. O pagamento será feito aos inscritos do CadÚnico e do Bolsa Família. A previsão é que os pagamentos do novo auxílio emergencial comecem em 5 de abril para os trabalhadores informais que não recebem o Bolsa Família. A decisão aguarda a assinatura do presidente da República, Jair Bolsonaro. A informação foi divulgado em primeira mão pelo SBT News.

Ordem de pagamento

De acordo com a apuração do SBT News, a ordem de pagamento vai depender se o beneficiário tem conta na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil, além de se fez a atualização dos dados no aplicativo "Caixa Tem". A intenção é que os beneficiários do Bolsa Família sigam o cronograma de pagamento do programa, que começa no dia 16 e vai até o fim do mês, conforme aconteceu no ano passado. 

O objetivo desses ajustes são para revisar os dados dos cadastros e evitar pagamentos indevidos do novo auxílio emergencial, como aconteceu com milhares de pessoas em 2020. O novo auxílio emergencial será pago em 4 parcelas mensais, de abril a junho. O governo federal planeja compensar o fim dos pagamentos em agosto com uma ampliação do Bolsa Família. 

Quais são as regras para obter o benefício?

trabalhador informal poderá consultar se vai receber o auxílio emergencial 2021 a partir de 1º de abril. A informação foi confirmada na sexta (19) pelo Ministério da Cidadania. No comunicado, a pasta diz que a elegibilidade ao auxílio emergencial 2021 ainda será analisada pela Dataprev e a estimativa é de que, a partir de 1º de abril, cada cidadão possa verificar o resultado no Portal de Consultas da Dataprev.

> Preço da cesta básica sobe e fica ainda mais longe do valor do novo auxílio emergencial

Medidas Provisória assinada

A Medida Provisória que institui o novo auxílio emergencial e garante os pagamentos em 2021 foi assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo com a apuração de Fernando Castilho, do Jornal do Commercio, serão quatro parcelas mensais de R$ 250, em média, e que começam a serem pagas em abril. O investimento deve chegar a R$ 43 bilhões e beneficiar 45,6 milhões de famílias, segundo o Governo Federal.

Vale lembrar que apenas uma pessoa por família pode receber o novo auxílio emergencial em 2021. No caso de uma mulher chefe de família monoparental, o valor é de R$ 375. Já quem mora sozinho – família unipessoal – receberá R$ 150 de benefício do auxílio emergencial, que será pago para famílias de baixa renda e trabalhadores informais.

> Auxílio emergencial 2021: precisa fazer cadastro de novo? E quem não é cadastrado?

O Ministério da Cidadania continua responsável pelo processamento e pela análise dos pedidos para o novo auxílio emergencial, além de enviar para a Caixa Econômica Federal a relação de beneficiários elegíveis ao pagamento.

  • Programa Bolsa Família (10.697.777 beneficiários)
  • Cadastro Único do Governo Federal (6.301.073 beneficiários)
  • Plataformas digitais da Caixa (28.624.776 beneficiários)

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.