POUPANçA SOCIAL

Calendário: usado no pagamento do auxílio emergencial e Bolsa Família, veja se pode atualizar cadastro no Caixa Tem, nesta terça (23)

Para receber o novo auxílio emergencial, Bolsa Família, e outros benefícios com segurança, em 2021, é recomendado atualizar cadastro no Caixa Tem, segundo calendário da Caixa Econômica Federal

Calendário: usado no pagamento do auxílio emergencial e Bolsa Família, veja se pode atualizar cadastro no Caixa Tem, nesta terça (23)

Novo auxílio emergencial seguirá sendo pago pela Caixa Econômica Federal - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A atualização do cadastro na plataforma Caixa Tem, recomendada pela Caixa Econômica Federal, já foi liberada para quatro grupos de beneficiários.

O aplicativo é usado na realização dos pagamentos do auxílio emergencial, entre outros benefícios, como o Bolsa Família. 

A atualização cadastral no Caixa Tem acontece segundo um calendário, de forma escalonada, às vésperas do retorno dos pagamentos do auxílio emergencial, para garantir a segurança do aplicativo e evitar fraudes. 

 

>> Novo auxílio emergencial começa a ser pago em 5 de abril, diz site

>> Calendário do auxílio emergencial 2021: confira datas de pagamento para beneficiários do Bolsa Família em abril, maio, junho e julho

>> Auxílio emergencial 2021: precisa fazer cadastro de novo? E quem não é cadastrado?

>> Auxílio emergencial 2021: calendário deve ser divulgado nesta semana; confira previsão de início

>> Calendário do Bolsa Família de março: veja se recebe nesta semana e se será com 13º salário

 

Calendário de atualização

Os usuários podem atualizar o cadastro no Caixa Tem, para pagamentos seguros do auxílio emergencial e outros benefícios, como o Bolsa Família, de acordo com a data de aniversário do beneficiário. A medida é uma tentativa de evitar diversos acessos simultâneos na plataforma.

>> Vídeo: Usado no pagamento de benefícios como auxílio emergencial e Bolsa Família, veja como atualizar cadastro no Caixa Tem

As atualizações tiveram início no último fim de semana. Nessa segunda (22), a atualização de cadastro no Caixa Tem foi liberada, para os nascidos até maio. Nesta terça (23), o calendário continua, com liberação da atualização de cadastro no Caixa Tem para os nascidos em junho.

Confira a agenda para atualizar o cadastro na Caixa Tem:

  • 14/03: nascidos em janeiro
  • 16/03: nascidos em fevereiro
  • 18/03: nascidos em março
  • 20/03: nascidos em abril
  • 22/03: nascidos em maio
  • 23/03: nascidos em junho
  • 24/03: nascidos em julho 
  • 25/03: nascidos em agosto
  • 26/03: nascidos em setembro 
  • 29/03: nascidos em outubro
  • 30/03: nascidos em novembro 
  • 31/03: nascidos em dezembro

 

>> Caixa Econômica Federal: veja como serão divididos os calendários do auxílio emergencial 2021

>> Auxílio emergencial 2021 poderá ser movimentado via Pix ou transferências?

>> Auxílio emergencial em 2021: valores de R$ 175, R$ 250 e R$ 375 podem aumentar?

>> Auxílio emergencial 2021: mães chefes de família vão receber valor em dobro de novo?

 

Como atualizar

Para efetivar a atualização do cadastro no Caixa Tem, o usuário deve acessar a conversa “Atualize seu cadastro” no aplicativo e enviar a documentação solicitada: foto (selfie) e documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de endereço). O envio é feito totalmente pelo celular, sem necessidade de ir até uma agência.

Documentos

A atualização cadastral foi estipulada pela Caixa Econômica Federal para aumentar a segurança dos usuários e evitar tentativas de fraudes. A atualização pode ser feita totalmente pelo celular.

Para atualizar o cadastro é necessário ter em mãos:

  • CNH ou RG
  • comprovante de residência
  • foto do beneficiário com um dos documentos

Aplicativo Caixa Tem

Por meio do aplicativo Caixa Tem, milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial, o BEm (Benefício Emergencial, pago a quem teve o salário reduzido) e o abono salarial do PIS. Desde novembro, beneficiários do Bolsa Família também recebem o depósito na poupança digital.

Poupança Social

A Caixa Econômica Federal abriu mais de 105 milhões de Contas Poupança Social Digital em 2020. De forma gratuita, o banco promoveu a inclusão social e financeira de 35 milhões de brasileiros que nunca tiveram contas em banco. A ampliação dos serviços e funcionalidades permite intensificar a inclusão financeira da população mais carente. 

A Conta Poupança Social Digital foi aberta para o pagamento dos benefícios emergenciais que ajudaram a reduzir os impactos causados pela pandemia na economia brasileira. Desde o dia 22 de outubro de 2020, com a sanção pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, da Lei nº 14.075/2020, o uso da Conta Poupança Social Digital foi ampliado para o pagamento de diversos outros benefícios sociais e previdenciários. 

Além do Auxílio Emergencial, a Poupança Social Digital também garantiu o pagamento do Saque Emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm). Desde dezembro de 2020, os beneficiários do Programa Bolsa Família e do Abono Salarial PIS (Programa de Integração Social) também estão sendo contemplados com a Poupança Social Digital e começaram a poder contar com as facilidades do CAIXA Tem. 

Mais de 120 milhões de pessoas – oito em cada 10 adultos no Brasil – foram beneficiados pelos pagamentos realizados pela CAIXA. Já foram 612,4 milhões de pagamentos realizados em um total de R$ 351,8 bilhões. O CAIXA Tem foi o App mais baixado do Brasil em 2020, com 303,8 milhões de downloads. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.