PANDEMIA

Procura por EPI's cresce com o avanço do número de casos da covid-19 em Pernambuco

Em uma loja no bairro do Espinheiro, Zona Norte, 4 mil máscaras do tipo PFF2 foram vendidas em menos de 2 dias.

Procura por EPI's cresce com o avanço do número de casos da covid-19 em Pernambuco

Segundo consultor de vendas, Bruno Gregório, a procura pelas máscaras reforçadas, que oferecem mais proteção contra o vírus, cresceu bastante - Foto: Pixabay

O Estado de Pernambuco segue registrando recorde diário de casos do novo coronavírus. Até essa quinta-feira (15), foram confirmados 2.786 novos casos da Covid-19. Hoje, o Estado totaliza 339.022 casos confirmados da doença. Devido ao aumento dos casos, cresce a procura por Equipamento de Proteção Individual (EPI) no Grande Recife, para garantir a proteção contra o vírus.

Em uma loja de materiais médicos, no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, o movimento de clientes é diário.  Além das demandas normais do estabelecimento, os funcionários precisam dar conta da grande procura por itens de proteção contra covid-19. Segundo consultor de vendas, Bruno Gregório, a procura pelas máscaras reforçadas, que oferecem mais proteção contra o vírus, cresceu bastante.

Ao todo, em menos de dois dias, 4 mil máscaras PFF2 foram vendidas, na semana passada, no estabelecimento. Na loja, a caixa com 50 máscaras descartáveis custa entre R$ 36 e R$ 46.

Álcool

Além disso, também cresceu a procura por álcool 70%, toucas, protetores faciais e termômetros de infravermelho. O crescimento de vendas do exercitador de respiração, equipamento usado por quem está se recuperando da covid-19, também cresceu nas vendas. Ele custa, em média, R$ 32. Um outro item que aumentou a procura foi o oxímetro. O equipamento custa entre R$ 180 e R$ 200.

Farmácia

Em uma farmácia, no bairro da Jaqueira, também na Zona Norte, a reposição dos itens de proteção contra a covid-19 também é diária. A velocidade com que os produtos acabam impressiona. Com a nova onda esse ano, as vendas desses itens aumentaram muito.

Quarentena

O governador Paulo Câmara anunciou, em pronunciamento nessa quinta-feira (25), que o período de quarentena em Pernambuco foi prorrogado até o próximo dia 31 de março. Ao todo, serão 14 dias de medidas restritivas mais intensas para evitar a propagação da covid-19. De acordo com o secretário estadual de saúde, André Longo, um novo Plano de Convivência entrará em vigor em todo o Estado entre os dia 01 e 25 de abril.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.