AUXíLIO EMERGENCIAL 2021

Auxílio emergencial 2021: Pagamento começa em 6 de abril; veja detalhes do calendário

Auxílio emergencial 2021 começa após meses sem pagamentos

Auxílio emergencial 2021: Pagamento começa em 6 de abril; veja detalhes do calendário

Novo auxílio emergencial - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Após muita espera, o governo federal acaba de confirmar que a nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial começa a ser depositada no próximo dia 6 de abril, terça-feira da próxima semana. Inicialmente, o depósito será feito em contas digitais para, de acordo com o governo, tentar evitar aglomerações em filas de bancos. 

O calendário que se inicia no dia 6 de abril se volta para inscritos no Cadastro Único e que se inscreveram no app Caixa Tem. Para essas pessoas, o pagamento será feito com base no mês de nascimento do trabalhador. No dia 6, recebem os nascidos em janeiro. Nascidos em fevereiro recebem o dinheiro no dia 9/04 e assim por diante. Para conferir o calendário completo, clique aqui. Beneficiários do Bolsa Família vão receber o auxílio emergencial no mesmo dia de pagamento do Bolsa.

A partir desta quinta-feira (1º), a população já vai poder checar se vai receber o benefício. Para saber se terá direito às novas parcelas, é necessário acessar o site da Dataprev, empresa estatal responsável por analisar os pedidos. Para consultar, é necessário informar número do CPF, nome completo, data de nascimento e nome da mãe.

No total, serão quatro parcelas a serem depositadas nos meses de abril, maio, junho e julho. Os valores variam entre R$ 150 e R$ 375, a depender da estrutura familiar de cada beneficiário. 

A informação foi confirmada em coletiva de imprensa realizada no final da manhã desta quarta-feira (31). Participaram do anúncio o ministro da Cidadania, João Roma, e o presidente Jair Bolsonaro.

No comunicado, o presidente Bolsonaro fez questão de voltar a reclamar do pagamento do benefício. "É mais um endividamento da União. Isso não é dinheiro que estava no cofre. Isso pesa para todos nós", afirmou o presidente Jair Bolsonaro

Parcelas

Segundo João Roma, o benefício será destinado aos brasileiros mais pobres. Serão quatro parcelas do auxílio emergencial 2021. O valor pode variar entre R$ 150 e R$ 375. O valor é questionado por deputados, senadores e governadores opositores do presidente Bolsonaro. Para este grupo político, o benefício deveria ser de, pelo menos, R$ 600. 

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, o dinheiro poderá ser sacado posteriormente. 

Quem vai receber cada valor?

Receberá quatro parcelas de R$ 150 quem mora sozinho. Beneficiários que moram com, pelo menos, mais uma pessoa em casa recebem R$ 250. Agora, se o benefício for para mulheres que são mães e chefes de família, o valor sobe para R$ 375. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.