TRAGÉDIA

Corpos de pai e filha soterrados após deslizamento de barreira em Jaboatão são encontrados

Deslizamento de barreira no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, soterrou pai, mãe e dois filhos

Corpos de pai e filha soterrados após deslizamento de barreira em Jaboatão são encontrados

Deslizamento de barreira deixou quatro pessoas de uma mesma família soterradas - Foto: Tião Siqueira/ JC Imagem

Atualizada às 11h55

O Corpo de Bombeiros localizou na manhã deste sábado (15) os corpos das duas últimas últimas vítimas que estavam soterradas após deslizamento de uma barreira no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O trabalho de buscas teve início na noite da última quinta-feira (13), após a tragédia atingir a família. 

A família era formada por Osvaldo Pessoa de Siqueira, de 39 anos, a esposa dele Sílvia Regina da Silva, de 36 anos, a filha do casal Isabeli Pessoa de Siqueira, 11 anos, e o outro filho do casal, Otávio Pessoa de Siqueira, de 16 anos.

Os corpos do pai e da filha foram encontrados após cerca de 40 horas de buscas e, segundo as equipes do Corpo de Bombeiros, Osvaldo e Isabeli morreram abraçados no sofá de casa

"É difícil falar. Perder quatro assim da família, é difícil. Só Deus para nos consolar. A gente mora aqui há 40 anos, quem sabia que essa barreira ia descer?", desabafou o irmão de Osvaldo Pessoa de Siqueira. 

 

>> Conheça a família que foi soterrada durante deslizamento de barreira em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife

>> Quatro pessoas da mesma família são soterradas em queda de barreira em Jaboatão

 

Deslizamento de barreira

Os Bombeiros encontraram o corpo do filho do casal, de 16 anos. Estão desaparecidos pai, mãe e uma adolescente, de 12 anos.
Os Bombeiros encontraram os corpos das vítimas 
Reprodução/TV Jornal

Na última quinta-feira (13), por volta das 18h30, um deslizamento de barreira, no bairro de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, atingiu a casa da família composta por quatro pessoas: Osvaldo Pessoa de Siqueira, de 39 anos, a esposa dele Sílvia Regina da Silva, de 36 anos, a filha do casal Isabeli Pessoa de Siqueira, 11 anos, e o outro filho do casal, Otávio Pessoa de Siqueira, de 16 anos.

Ao longo da quinta-feira (13), choveu muito no Grande Recife e a barreira não suportou o volume de águas. 

Cães farejadores e uma retroescavadeira foram usados para ajudar nas buscas. O corpo do adolescente foi encontrado ainda na noite da quinta-feira. A mãe das crianças foi encontrada sem vida na sexta-feira (14). Já os corpos de pai e filha foram achados na manhã deste sábado. Os dois morreram abraçados no sofá de casa. 

De acordo com a Defesa Civil, que também foi até o local da ocorrência, a chuva abriu uma fenda de aproximadamente 100 metros na barreira, causando o deslizamento. Por medida de segurança, cinco residências que ficam nas proximidades do acidente foram interditadas, já que a possibilidade de ocorrer uma nova movimentação de terra chega a 80%, segundo informou o órgão. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.