CERIMôNIA

Entenda por que o Brasil desfilou na abertura das Olimpíadas 2021 com apenas quatro pessoas

Diferente de outras delegações, o Brasil teve poucos integrantes na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio


Entenda por que o Brasil desfilou na abertura das Olimpíadas 2021 com apenas quatro pessoas

Abertura das Olimpíadas de Tóquio ocorreu nesta sexta-feira (23) - Foto: Julio Cesar Guimarães/ COB

O atletas Bruninho (vôlei) e Ketleyn Quadros (judô) foram os porta-bandeiras do Brasil na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, nesta sexta-feira (23). Além deles, a delegação brasileira foi composta por Marco La Porta, chefe da missão do país, e uma funcionária administrativa. Mas por que só eles? A quantidade de integrantes no desfile foi definido pelo comitê olímpico de cada nação. No caso do Brasil, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB). 

De acordo com a instituição, o motivo para o número reduzido foi para evita uma possível transmissão com a covid-19, sendo uma medida de precaução. Com sorriso estampado no rosto, os dois atletas sambaram durante a entrada. O Brasil foi a 151º delegação a entrar no Estádio Nacional de Tóquio. Ao todo, são 302 competidores brasileiros classificados para as Olimpíadas. 

> Veja os melhores momentos da abertura das Olimpíadas de Tóquio

Esse fato ocorreu devido a ordem do alfabeto Katakana, um dos utilizados no Japão. Todas as delegações entraram no desfile seguindo o modelo em que as vogais vêm antes das consoantes, na ordem A, I U, E O.

Outras delegações

Alguns comitês autorizaram a participação de uma maior número de pessoas, como foi o caso dos Estados Unidos e Itália, que tinham dezenas de pessoas. Ou seja, grupos mais numerosos.

Como é tradição dos Jogos Olímpicos, os gregos foram os primeiros a entrar no estádio. Em seguida, diante da determinação do alfabeto local, a Islândia foi a primeira nação a desfilar.

> Presidente do COI diz que risco de covid-19 na Olimpíada é 'zero'

A maioria usou máscara, exceto a delegação do Quirguistão, país da Ásia Central, no qual apenas três integrantes usavam a proteção contra a covid-19.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.