ACIDENTE

Acidente com ambulância do SAMU deixa paciente e mais quatro feridos na Zona Sul do Recife

O motorista da ambulância do SAMU perdeu o controle do veículo e colidiu com um poste

Acidente com ambulância do SAMU deixa paciente e mais quatro feridos na Zona Sul do Recife

Ambulância do SAMU se envolve em acidente na Zona Sul do Recife - Foto: Foto: Welington Lima

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) se envolveu em um acidente na Avenida Antonio de Góis, sentido cais José Estelita, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. De acordo com pessoas que presenciaram, o motorista da ambulância perdeu o controle da direção e bateu de frente com o poste. As rodas ficaram presas em uma barra de ferro e, por pouco, o veículo não caiu no rio. 

Vítimas

Dentro da ambulância estavam quatro pessoas, sendo uma paciente idosa, de 67 anos, que estava sendo transferida da  Unidadesde Pronto Atendimento (UPA) de Jaboatão dos Guararapes para o Hospital da Restauração (HR), área central do Recife, o filho dela, de 33 anos, que estava como acompanhante, além do motorista e do técnico de enfermagem.

Todos eles ficaram feridos. A mulher sofreu escoriações pelo corpo e o homem foi atingido no abdômen. Cinco ambulâncias com equipes médicas foram acionadas para fazer os primeiros socorros no local e, em seguida, as vítimas foram encaminhadas para o HR. Confira a matéria exibida no Bronca 24h desta sexta-feira (10):

Trânsito

O poste ficou destruído e os fios de alta tensão ficaram espalhados pela avenida. Por conta do acidente, a via foi bloqueada e os motoristas que seguiam sentido Centro do Recife usaram apenas a pista da esquerda para passar. O trânsito ficou intenso e refletiu em vários trechos da Zona Sul e da área central da cidade. A ambulância foi retirada pelo reboque e, aos poucos, agentes da Autarquia de Trânsito e Transporte (CTTU) liberaram parte da avenida.

O presidente do Sindicato dos Condutores de Ambulâncias de Pernambuco, Nilson José, denunciou a falta de manutenção nos veículos em todo o Estado. Segundo Nilson, aqui no Recife, algumas ambulâncias estão fazendo o transporte não apenas de pacientes.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.