CRIME

Mulher é morta a tiros três dias depois de marido ser executado em Santa Catarina

As mortes, segundo a PM, podem ter relação entre si

Mulher é morta a tiros três dias depois de marido ser executado em Santa Catarina

A polícia investiga as duas mortes - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na última sexta-feira (8), uma mulher de 26 anos foi morta a tiros em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, Santa Catarina (SC). Segundo a Polícia Militar, a vítima identificada como Pamela Silva era companheira de Rafael Fachner, 23 anos, assassinado da mesma forma, dentro da própria casa, na terça-feira (5). As mortes, segundo a PM, podem ter relação entre si. 

>>Jovem morre após ter suposta relação sexual com namorado no Mato Grosso do Sul

O crime ocorreu por volta das19h30 no bairro Santa Rita, de acordo com informações do G1. Segundo o sargento da PM Amilton Gutjahr, a guarnição estava próxima do local no momento do crime, mas a vítima foi encontrada sem vida quando a polícia chegou. O corpo de Pamela foi encontrado em frente à residência da sogra dela após os disparos. 

A morte do marido

Segundo o relato de Pamela para PM, ela estava tomando banho quando ouviu seis disparos. Ao sair do chuveiro, encontrou o marido morto com diversas perfurações pelo corpo. Os bombeiros militares chegaram a ser chamados. O jovem, de acordo a PM, tinha passagens policiais.

Investigação

Ninguém foi preso e a Polícia Civil investiga os casos.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.