Notícia Denúncia

Homem é suspeito de agredir e manter esposa e filhos em cárcere


Publicado em 23.11.2017 , às 10:29 / Atualizado em 23.11.2017 , às 11:09

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal

A polícia deve pedir prisão preventiva de um homem suspeito de agredir dois filhos pequenos e a esposa. Segundo a avó das crianças, o ex-genro já chegou a matar o próprio filho quando a mulher ainda estava grávida, de tanto espancá-la. A denúncia foi realizada na Delegacia do Varadouro, em Olinda, no Grande Recife.

A mãe e a avó das duas crianças foram prestar queixa contra o comerciário, de 33 anos, que é pai do menino, de um ano, e da menina, de dois anos. Segundo a avó das crianças, que teve a identidade preservada, além de agredir a ex-companheira, uma jovem de 28 anos, o suspeito mantinha a família em cárcere privado.



A avó contou, ainda, que que o ex-genro também agredia as crianças. De acordo com a polícia, o suspeito já cumpriu pena por tráfico de drogas, e de acordo com o delegado, Gilmar Rodrigues, o comerciário descumpriu uma medida protetiva que existe contra ele.


Veja Também