Notícia Hospital da Restauração

Novo boletim médico de sobrevivente da queda do Globocop é divulgado


Publicado em 30.01.2018 , às 10:57

Por TV Jornal

Reprodução / Redes sociais

O Hospital da Restauração divulgou, na manhã desta terça-feira (30), um novo boletim médico atualizando as informações sobre o estado de saúde de Miguel Brendo Pontes Simões. O operador de transmissões da Rede Globo trabalhava no Globocop, no momento da queda, na última terça-feira (23), em Brasília Teimosa. De acordo com a assessoria de comunicação da unidade, foi observada melhora no seu quadro clínico.

O jovem, de 21 anos, permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade de saúde, em estado grave, sedado, com ventilação mecânica e uso de drogas vasoativas. Na última quarta-feira (24), foi realizada tomografia de crânio e cervical, que não apresentou lesões cirúrgicas. Na quinta (25), foi realizada uma cirurgia na cavidade abdominal para a retirada de uma compressa e drenagem do tórax. 

Doação de sangue

A família de Miguel Brendo Pontes Simões está pedindo doações para a recuperação do operador de sistemas. As doações podem ser realizadas no Posto de Coleta do Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife, de segunda a sexta, das 8h às 17h. É possível doar qualquer tipo de sangue, em nome de Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos.



Outras vítimas

A queda do Globocop, na manhã dessa terça-feira (23), na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife, deixou duas pessoas mortas e outra gravemente ferida. As vítimas fatais foram o piloto Daniel Galvão e a 1ª sargento da Aeronáutica Lia Maria Abreu de Souza.

Entenda o caso

Um helicóptero que se envolveu em um acidente, na manhã dessa terça-feira (23), na praia de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. Duas pessoas morreram no acidente, que aconteceu por volta das 6h, e uma ficou ferida e foi socorrida para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife. A aeronave era o Globocop, helicóptero da empresa Helisae, que presta serviços há 15 anos para a Rede Globo Nordeste. Uma câmera registrou o momento em que o Globocop cai na praia.


Veja Também