Notícia Operação Fishing II

Grupo é preso em operação contra tráfico e homicídios na Zona Sul


Publicado em 06.12.2018 , às 10:28

Por TV Jornal| Com informações do JC Online

Reprodução/TV Jornal

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (6), investigou e prendeu um grupo criminoso voltado às práticas de homicídio, tráfico de drogas, roubo, associação para o tráfico e organização criminosa. Denominada de “Fishing ll”, a operação atuou na Zona Sul do Recife, e ao todo foram expedidos 11 mandados de prisão pela Vara Criminal da Comarca de Olinda. Desses, oito foram cumpridos, seis são contra integrantes foragidos e outro dois contra detentos do sistema prisional.

Entre os presos está o líder da quadrilha, identificado como Renato Vieira da Silva, mais conhecido como “Mago”. Segundo o chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral, o acusado já teria sido preso na primeira fase da operação. “No curso do processo, ele conseguiu um alvará de soltura, agora foi recapturado por força de mandado de prisão preventiva’’, afirmou.

Crimes

As investigações dessa operação foram iniciadas em maio deste ano. De acordo com o chefe da Polícia Civil, Joselito Amaral, os integrantes residentes no Recife e em Olinda, comercializavam vários tipos de droga na região de Boa Viagem, na Zona Sul. Essa quadrilha também foi responsável por vários homicídios relacionados a conflitos com outros grupos existentes na área. Durante as investigações, foi confirmado que, pelo menos, três homicídios estão atribuídos à quadrilha.



Apreensões

Durante a ação, a polícia apreendeu 36 celulares. Parte desse material teria sido roubado de uma loja em um shopping na Boa Vista, Centro do Recife, em abril. Junto com os objetos, foram encontrados 12kg de pasta base de uma droga, que ainda não divulgada.

Participaram da ação 80 policiais civis, entre eles delegados, agentes e escrivães. A ‘Fishing II’ está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) e supervisionada pela Polícia Civil.

Ainda durante a primeira fase da operação Fishing, foram executadas 19 ordens judicias, sendo 12 mandados de prisão e sete de busca e apreensão. Na ocasião, foram roubados 24 celulares e um revólver calibre 38, do vigilante da loja, que estava com seis munições intactas.